Menu
Busca segunda, 10 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Suspeito de matar Tim Lopes morre com tiro na cabeça

13 agosto 2002 - 07h38

O traficante André da Cruz Barbosa, de 22 anos, o André Capeta, um dos acusados de torturar e assassinar o jornalista Tim Lopes em junho, morreu na madrugada de hoje após ser atingido por um tiro na cabeça em um ponto de ônibus próximo à avenida Nossa Senhora da Penha, na saída da Favela Vila Cruzeiro, em Bonsucesso.
Segundo informações do delegado Gabriel Rodrigues, da 22ª DP (Penha), parentes do bandido e traficantes da região ainda tentaram interná-lo em uma clínica, mas nenhum hospital particular aceitou recebê-lo. André Capeta foi levado, então, para o Hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu e morreu. O bandido acabou sendo admitido no Hospital Getúlio Vargas com o nome falso de João Roberto dos Santos. Policiais da 22ª DP receberam uma denúncia informando da presença do traficante no hospital e foram até lá.
Este é o segundo suspeito do assassinato de Tim Lopes que morre em menos de cinco dias. Na semana passada, o bandido conhecido como Boizinho foi atingido em um tiroteio com a polícia em Vigário Geral. A polícia ainda procura outros dois suspeitos de participação no crime, os traficantes Ratinho e Elias Maluco.
A polícia divulga, nas próximas horas, a causa da morte de André Capeta, que poderia ter sido atingido em uma troca de tiros com traficantes rivais, policiais ou mesmo se suicidado.
Policiais militares estão reforçando a segurança no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, para impedir que o corpo do traficante seja resgatado.



Deixe seu Comentário

Leia Também

ARTIGO
O que são, afinal, os direitos humanos?
CHAPADÃO DO SUL
Avião agrícola cai e mata piloto em cidade de MS
DOURADOS
Apresentações culturais marcam agenda do Natal para Todos
PREGÃO
Vereadora presa desde outubro tenta retomar cargo na Câmara de Dourados
EITA!
Ator de ‘Stranger Things’ revela: ‘Will iria morrer na 1ª temporada’
TRÂNSITO
Foragido da justiça tenta fugir após acidente, mas acaba detido pela PM
DOURADOS
Empresas investigadas na Cifra Negra embolsaram quase R$ 4 milhões em contratos com a Câmara
BRASIL
Atendimentos em territórios indígenas crescem 400% em quatro anos
BRASIL
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
MS
Ações marcam atuação do Estado na defesa dos Direitos Humanos

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Idosa é espancada, esfaqueada e vai parar na UTI após assalto em Dourados
DOURADOS
Dupla é presa por tráfico de drogas na Vila Mariana
INVESTIGAÇÃO
Brasileira desaparecida na Austrália é encontrada morta em praia
DOURADOS
Criança morre no HV três dias após ser atropelada na Cachoeirinha