Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Supremo garante posse de professores concursados em MS

17 dezembro 2003 - 11h23

No último dia 12 de dezembro, o STF (Supremo Tribunal Federal) determinou a posse de três professores convocados de Mato Grosso do Sul que entraram com mandado de segurança para garantir vaga no Estado.Os professores Moacir Nunes da Silva (Matemática, 5ª a 8ª séries, Anastácio), Lílian Madruga Gimenes (Geografia, 5ª a 8ª séries, Aquidauana) e Rozeana de Castro Pantaleão (História, Ensino Médio, Paranaíba) passaram no último concurso do Estado, mas somente foram chamados como convocados. Eles acionaram o Estado, por meio da assessoria jurídica da Fetems, para serem empossados em vagas puras existentes no quadro de pessoal da secretaria de Educação. Perderam o mandado de segurança no Tribunal de Justiça, a Fetems recorreu e o STF deu ganho de causa aos professores.Desde que a atual diretoria da Fetems assumiu, em maio de 2002, mais de 100 professores já assumiram cargos no Estado por força de medida judicial, mas é a primeira vez que isso se dá por ordem do STF.Em audiência com o secretário de Educação, no dia 15 de dezembro, a direção da Fetems voltou a reivindicar a liberação de licenças especiais para fevereiro, chamada de novos professores concursados em dezembro e de novos funcionários administrativos em janeiro, entre outras solicitações. Por telefone, no dia 16, o secretário de Gestão informou à presidência da entidade que serão liberadas 200 licenças-prêmio, vai ser feita a chamada de 380 professores e de 800 funcionários administrativos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Irmã de Luan Santana posa de biquíni e recebe elogios: 'obra de arte'
ANGÉLICA
Jovem é preso por levar pistola de uso restrito para escola e ameaçar alunos
DOURADOS
Praça Antonio João terá mobilização pela Semana da Árvore no sábado
RIO GRANDE DO SUL
Justiça condena União a indenizar professora perseguida na ditadura
MEIO AMBIENTE
Jaguatirica capturada ferida em pousada é lavada para reabilitação
MIRANDA
Pecuarista é multado em R$ 17 mil por desmatamento em área protegida
ESTADOS UNIDOS
Bolsonaro viajará para assembleia da ONU em NY, diz porta-voz
CRIME AMBIENTAL
Construtor é autuado por caça e pesca predatórias e porte de arma
STJ
INSS deve pagar por afastamento de vítima de violência doméstica
CAPITAL
Gerente desvia R$1,2 milhão e compra casa em condomínio de luxo

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção