Menu
Busca segunda, 22 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

Sul-mato-grossense pode ser condenada à morte na Síria

06 dezembro 2003 - 07h53

A sul-mato-grossense Adélia Ajala, que está presa desde 2002, junto com Ubirajara Noé Silveira, na Síria, por tráfico de drogas, pode ser condenada à morte. Desde 1993, a Justiça da Síria está autorizada a aplicar a pena capital para narcotraficantes. Adélia Ajala foi pega no aeroporto de Damasco, capital síria, carregando cocaína na bagagem. Casada e mãe de três filhos, ela está na prisão de Duma, localizada a cerca de 30 quilômetros da capital. Segundo informações obtidas pela Agência Brasil em Damasco, as prisões locais costumam fornecer apenas duas refeições por dia. O Brasil não tem acordo de extradição com a Síria. Para se obter informações básicas sobre os prisioneiros, como data de julgamento e estado de saúde da dupla, por exemplo, é preciso a intervenção de advogados constituídos em território sírio. A assessoria do Ministério das Relações Exteriores informa não ter sido oficialmente notificada das prisões de Ubirajara e Adélia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Diferença salarial entre homens e mulheres diminuiu de 2016 para 2017
CULTURA
Musicalidade da tríplice fronteira é levada para o 5º Fesdom
MATO GROSSO DO SUL
Detran-MS publica portaria e altera prazo de validade para uso exclusivo de vagas
BRASILEIRÃO
Inter encara o Santos para se manter vivo na briga pelo título
CAMPO GRANDE
Carreta com 30t de madeira tomba em anel viário
ECONOMIA
PIB cresce 1,6% no trimestre encerrado em agosto
ENCONTRO
Rotarianos programam Conferência Distrital em Bonito com tema sustentabilidade
DOURADOS
Por que fazer ginástica para o cérebro?
OPORTUNIDADE
Funtrab oferta 730 vagas no Estado, 350 delas para o interior
FUTEBOL
Final do Interdistrital será entre o time de Vila Vargas e Panambi

Mais Lidas

CANAÃ
Órgãos de segurança fecham festa organizada através do WhatsApp
RIO BRILHANTE
Caminhonete invade pista, bate em motocicleta e mata casal
OPERAÇÃO SATURAÇÃO
Megaoperação cumpre dezenas de mandados de prisão em Dourados
JÓQUEI CLUBE
Jovem é preso por porte ilegal de arma de fogo e ameaça