Menu
Busca segunda, 21 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

STF julgará pedido de intervenção em MS

10 agosto 2002 - 10h19

O STF (Supremo Tribunal Federal) julgará nos próximos dias pedido de intervenção federal no governo de Mato Grosso do Sul em decorrência do não pagamento de precatórios (dívidas judiciais) no valor de mais R$ 43 milhões devidos a 75 municípios do Estado.
Essa dívida do Estado decorre do desvio de recursos provenientes da arrecadação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e que deveriam constitucionalmente ser repassados às prefeituras.
Na última quarta-feira, o Tribunal de Justiça do Estado negou por unanimidade "agravo regimental" interposto pelo governo para impedir que o pedido de intervenção federal fosse apreciado pelo STF.
A partir de agora, o pedido de intervenção federal será encaminhado pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador José Augusto de Souza ao STF.


Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Dólar fecha em leve alta com mercado atento à viagem de Bolsonaro a Davos
TEMPO INTEGRAL
Publicada Resolução que organiza currículo e estrutura administrativa de escolas
POLÍCIA
Divulgado nome dos envolvidos em sequestro que contou com assaltante morto
BRASIL
BNDES altera destinação de recursos ao Museu Nacional
DOURADOS
Dezenas protestam por valores cobrados em contas de energia
OPORTUNIDADE
UEMS abre vagas para Administração e Pedagogia em Maracaju
BRASIL
Mourão: tempo de contribuição de militares pode ser maior com reforma
BR-262
PRF aponta “erro” em divulgação de suicídio como causa de acidente com três mortes
POLÍTICA
Ministra diz que ouvidor agrário nacional foi exonerado porque era ligado ao PT
CONCORRÊNCIA
IFMS registra 11,5 mil candidatos em concurso para técnicos

Mais Lidas

IVINHEMA
Assaltante é morto após invadir chácara, sequestrar duas vítimas e tentar roubar carros
FRONTEIRA
Jogador de futebol, ‘Alicate’ é executado com 26 tiros de fuzil
MONTE LÍBANO
Homem é preso acusado de tráfico de drogas por atacado
PARQUE DO LAGO
Casal é preso por promover festa para adolescentes com bebida alcoólica