Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Só dois cursos ficam com média acima de 5 no Provão

15 dezembro 2003 - 12h24

Apenas dois dos 26 conjuntos de cursos conseguiram ir com média superior a 5 no Provão, o Exame Nacional de Cursos de 2003, quando 423.946 alunos participaram no último 8 de julho.Este ano, o MEC decidiu mudar a maneira de divulgar as notas. O que antes era por conceito, agora é por nota bruta.Só odontologia, com média de 5,6 (ou 56 na escala de 0 a 100) e fonoaudiologia (5,57) conseguiram superar a metade da nota.Outras cinco áreas tiveram pontuação entre 40 e 50 e as demais, abaixo de 40. A menor média foi registrada em letras: 19,7.Este ano, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) decidiu valorizar mais os valores absolutos de cada área com a finalidade de esclarecer sobre o significado dos conceitos atribuídos aos cursos.Pela escala absoluta, os resultados do Provão, que teve a participação de 5.897 cursos, revelam que nenhum deles obteve média acima de 80 e apenas 1,5% entre 60 e 80 pontos. Na faixa de nota entre 40 a 60, posicionaram-se 26,7% dos cursos, 58,2% de 20 a 40, e, em 11,9%, a média ficou abaixo de 20. De acordo com a escala relativa, 14,5% obtiveram A, 12,8% B, 41,6% C, 16,7% D e 12,7% E.Segundo o relatório, "o uso dessa nova escala não tem por objetivo propor um instrumento de classificação, mas mostrar exatamente o que está sendo dito quando se anuncia que um curso tem conceito A, B, C, D ou E", diz a nota."O conceito A, historicamente, significa excelência. Em uma escala de 0 a 100, significa estar mais próximo possível do 100, mas a metodologia que utiliza conceitos relativos resulta na atribuição de A para cursos cuja média obtida no Exame está muito distante de 100", diz a nota do Inep.Os resultados do Provão deste ano apontam que a nota 46,3 em administração é A, já 49,7 em odontologia é D. Em engenharia civil, uma média 50 garante um conceito A, mas em fonoaudiologia, 52,3 é C. Em matemática, 29,4 é A. "Assim, é um equívoco interpretar os conceitos obtidos pelos cursos como indicadores de um padrão único de qualidade", continua o documento do instituto.Segundo o relatório também não é possível fazer uma comparação de um ano para outro. "Os dados mostram que o A de um curso de Engenharia Civil, em 2002, era de 33,7 pontos, mas, em 2003, o mesmo A exigiu uma média 50. Com isso, o A de um ano equivale ao C do ano seguinte", afirma o texto.Diante desse cenário, a conclusão do documento é que "os conceitos são inadequados para orientar políticas educacionais e a sociedade, incapazes de direcionar ações administrativas das instituições de ensino e insuficientes para ranquear cursos".Participaram do Provão, formandos dos cursos de agronomia, arquitetura e urbanismo, administração, biologia, ciências contábeis, direito, economia, enfermagem, engenharia civil, engenharia elétrica, engenharia mecânica, engenharia química, farmácia, física, fonoaudiologia, geografia, história, jornalismo, letras, matemática, medicina, medicina veterinária, odontologia, pedagogia, psicologia e química.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Em 6 anos, pessoas que se dizem pretas aumentam em todo o país
SÉRIE
Presidente de programação da HBO garante que canal não fará sequência de "GoT"
DOURADOS
Paisagista ressalta importância do verde na construção de ambientes saudáveis
JUSTIÇA
STF começa a julgar fornecimento de remédios de alto custo pelo SUS
FLAGRANTE
Carros com produtos contrabandeados são apreendidos em MS
BRASIL
Apenas 63% se vacinaram contra gripe no país
BR-267
Veículo roubado no Rio de Janeiro é recuperado em abordagem policial no MS
FUTEBOL
Seleção Brasileira inicia preparação na Granja Comary nesta quarta
MELHORIAS
Nova Estação de Tratamento de Esgoto em Dourados deve entrar em pré-operação em junho
ESTILO
8 Maneiras infalíveis de usar camisa de manga curta

Mais Lidas

DOURADOS
Presos fazem motim na PED em ala ocupada por membros de facção criminosa
ACIDENTE
Motociclista avança preferencial, colide com outra moto e morre
EDUCAÇÃO
Greve atinge escolas em Dourados e prejudica merenda, inspeção e limpeza
DOURADOS
Jovens são presos tentando arremessar drogas para dentro da Unei