Menu
Busca terça, 18 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Sindivest/MS faz balanço de 2003 e perspectivas para 2004

11 dezembro 2003 - 11h47

O Sindicato das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação do Estado de Mato Grosso do Sul - Sindivest/MS analisa como positivo o ano de 2003 para as indústrias do setor. "No início deste ano traçamos uma série de ações que se tornavam necessárias para o desenvolvimento do setor, em diversas áreas, como gestão empresarial e da produção, desenvolvimento de produto, tecnologia, financiamentos, participação em Feiras e Eventos e, o essencial, uma melhor estrutura na qualificação da mão-de-obra. Acredito que conseguimos concretizar várias delas este ano", coloca José Francisco Veloso Ribeiro, presidente do Sindivest/MS.No ano de 2002 o setor cresceu significativamente com 18%, no surgimento de novas indústrias e 22% na geração de empregos. "Podemos ressaltar as novas indústrias instaladas em Mundo Novo, Naviraí, Sidrolândia, Três Lagoas e Dourados que geraram, aproximadamente, 1.100 empregos", diz Veloso. Já em 2003 seis indústrias se instalaram em Campo Grande vindas de São José do Rio Preto/SP, São Paulo/SP e interior do Paraná, totalizando 1.200 novos postos de trabalho. Três Lagoas, com quatro novas indústria e 500 empregos gerados; e mais 10 indústrias montadas nas cidades de Dourados, Naviraí, Mundo Novo Selvíria, Nioaque, Sidrolândia e Rio Brilhante e 800 empregos diretos foram os destaques nesse ano, explica o presidente do Sindivest/MS. Para Veloso, esse crescimento só foi possível devido a manutenção da parceria com o Governo do Estado através de seus benefícios e incentivos e, também, com as prefeituras.Já o trabalho realizado junto com entidades como Sebrae e Fiems resultaram em treinamentos e consultorias como o Projeto Setorial "Gestão da Produção" que contou com a participação de 12 filiadas; treinamento em Comércio Exterior, para 30 filiadas além de uma intensa participação no "Encontro da Moda", "MS faz Tecnologia" e "Empretec".Em 2003 o crescimento da participação das indústrias filiadas ao Sindivest/MS e ao Sinvesul em Feiras e Eventos também foi bastante significativo. "Totalizando as participações na Fenit, Feimaco, Fenatec, Feisul, FeipanMS 2003 e Moda Brasil Centro-Oeste temos 120 indústrias que acreditaram na proposta de divulgar o produto fabricado aqui no Estado para a população sul-mato-grossense e, também, para outros Estado".No que se refere a convênios firmados e que beneficiaram o setor, Veloso ressalta o de Compras Governamentais, com o Sebrae, Senai e Governo do Estado; o de Transportes, com o Expresso Araçatuba; o de crédito com o Banco do Brasil; a criação do Centro Tecnológico do Vestuário, localizado no Centro de Formação Profissional "Marechal Rondon" do Senai; a manutenção do benefício fiscal, também com o Governo do Estado e o projeto Sindivest/MS Solidário, onde as empresas participam fazendo doação de retalhos para entidades filantrópicas e creches.Já para 2004 as principais propostas são: continuar mantendo, através da diretoria do Sindivest/MS e parceiros, o foco no suporte às indústrias do vestuário, tecelagem e fiação de MS, desenvolvendo a capacitação dos empresários e colaboradores, nas áreas de tecnologia, gestão, produção, vendas, saúde e lazer, gerando emprego e renda em MS. É essencial lembrar o apoio que o setor vem recebendo dos empresários, parceiros e principalmente da Fiems e do Sebrae, cujos dirigentes tem sido incansáveis companheiros nessa caminhada de transformar o Mato Grosso do Sul em um dos estados que mais cresce e desenvolve no País, destaca José Francisco Veloso Ribeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Pai que matou filho afogado também responderá por tentativa de homicídio
NOVO PADRÃO
Termina prazo extra para placa do Mercosul entrar em vigor no Brasil
PARAGUAI
Justiça solta 4 agentes penitenciários presos após fuga de 76 detentos
BRASIL
PF encontra mensagens com ameaças a ministros do Supremo
CAPITAL
Polícia identifica marca em touro descontrolado e tenta rastrear dono
UFGD
Seminário de Literatura e Arte Contemporânea acontece em abril
PARANAÍBA
Carreta é encontrada em chamas e polícia investiga ação criminosa
POLÍTICA
Bolsonaro diz que espera enviar reforma administrativa esta semana
FRONTEIRA
Pistoleiros do PCC são suspeitos de envolvimento na execução de jornalista
EDUCAÇÃO
MEC busca alternativa para voltar a emitir carteira de estudante

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros