Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
PROTESTO

Entidades fazem mobilizações contra ‘reformas’ em Dourados

Entidades fazem mobilizações contra ‘reformas’ em Dourados

09 novembro 2017 - 16h35Por Gizele Almeida

Nesta sexta-feira (09), sindicatos de Dourados realizam mobilizações junto aos trabalhadores para esclarecimentos sobre a Reforma Trabalhista que trouxe mudanças em mais de 100 pontos na CLT (Consolidação das Leis de Trabalho) e passa a valer a partir do dia 11 de novembro. As ações terão início pela manhã.

Conforme Ronaldo Ferreira, coordenador do Comitê de Defesa Popular, as mobilizações serão internas e representantes sindicais das diversas categorias conduzirão as mesmas, com encontros, panfletagens e outros.

Ferreira que também é presidente do Sindicato dos Bancários afirma que o momento é de esclarecer quanto as mudanças para aos trabalhadores, as quais aponta como “retrocesso” para o país.

“Foi como um ‘trator’ em cima dos direitos do trabalhador conquistado há anos e impacta negativamente em aumento de jornadas, mais casos de doenças de trabalho, entre outros pontos. Tudo deveria ser melhor debatido e respeitado”, pontua.

Haverá panfletagem e ‘rodas de conversa’ nas agências bancárias a partir das 09h, desta sexta-feira (10).

O Sintef (Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Instituições Federais) também realiza ações dentro da temática na sexta-feira, no centro de convenções da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). Conforme Marcelo Matias de Almeida, coordenador do Sintef, o ato é parte de uma ‘chamada nacional’ dos trabalhadores em todo o país.

“Precisamos nos unir pela garantia de direitos. Nosso movimento é em conjunto com os professores e posteriormente discutiremos pauta para greve da nossa classe”, diz.

Diferente de Dourados, na capital haverá um movimento anti-reformas na data, na área central. O ato principal será o “velório” da CLT. A ação conta com participação e apoio de sindicatos, federações de trabalhadores em diversas áreas. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUROS
Copom mantém taxa Selic em 6,5% ao ano pela sexta vez seguida
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda com alívio das tensões comerciais no exterior
GOIÁS
MP pede prisão de João de Deus após denúncias de abuso sexual
CLIMA
Ventania levanta "nuvem de poeira" em Dourados
BRASIL
Temer sanciona lei que destina verba de loterias para segurança
ENCONTRO
Reinaldo entrega documento a Moro com 21 propostas para segurança do País
ASSEMBLEIA
Deputado propõe frente para proteção das unidades de conservação ambientais de MS
NOVO GOVERNO
Murilo e Geraldo são cotados para assumir secretarias no governo Azambuja
CONCAFRAS
Dourados será sede do maior evento de formação de voluntariado de MS
SÃO PAULO
Catedral de Campinas celebra missa em homenagem às vítimas de ataque

Mais Lidas

DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto