Menu
Busca terça, 18 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Senado Federal aprova Estatuto do Desarmamento

10 dezembro 2003 - 09h04

O plenário do Senado aprovou na noite de ontem em votação simbólica o Estatuto do Desarmamento. O texto segue agora para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De autoria do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), a nova lei cria regras rígidas para o porte e comercialização de armas de fogo no país de forma desestimular a sociedade brasileira a adquirir armas de fogo para defesa pessoal. Um dos pontos mais polêmicos do Estatuto é o referendo sobre a comercialização de armas de fogo no país. No primeiro domingo de outubro de 2005, a sociedade brasileira irá às urnas para dizer se quer que o país proíba totalmente a venda de armas em território brasileiro. Tão logo, foi aprovado o Estatuto, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) entregou projeto de decreto legislativo que autoriza referendo sobre a comercialização de armas de fogo, a se realizar no primeiro domingo de outubro de 2005. A Mesa encaminhou a matéria à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A medida ainda precisa ser regulamentada por meio de decreto legislativo. "Acho que dois anos é tempo suficiente para que a sociedade escolha se quer ou não que a venda de armas continue no país. Não era possível deixar a data em aberto", disse o relator do Estatuto no Senado, César Borges (PFL-BA).  

Deixe seu Comentário

Leia Também

BATAGUASSU
Polícia apreende 115 quilos de cocaína em estepe de caminhão
MAIS CEDO
Globo oficializa que jogos de quarta-feira terão início às 21h30
TECNOLOGIA
Clientes do Banco do Brasil poderão usar WhatsApp para fazer saques
ENSINO
UFGD abre seleção para propostas ao Programa de Monitoria
TJ/MS
Tribunal de Justiça recebe ministro do STF Luis Roberto Barroso
BRASIL
CNJ aprova novo auxílio-moradia de até R$ 4.377,73 a magistrados
ÁGUA CLARA
Quatro dias após nascer, Conselho Tutelar retira bebê da família
MUDANÇA NA CLT
Senado aprova projeto que protege grávidas em atividade insalubre
ELDORADO
PF apreende uma tonelada de maconha e munições de uso restrito
ANEEL
Consumidores pagarão R$ 17 bi na conta de luz para cobrir subsídios

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem faz desabafo sobre a morte do pai em confronto: “lamento por você ter escolhido esse caminho”
DOURADOS
Délia exonera cinco secretários de uma só vez e inicia reforma administrativa
DOURADOS
“Batida” acaba com festa lotada de menores e regada a bebida alcoólica
POLÍCIA
Jovem é baleada em tentativa de assalto em Dourados