Menu
Busca segunda, 27 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Seminário de Soja reuniu mais de 300 pessoas na Embrapa

09 agosto 2006 - 16h40

Temas como melhoramento genético, biotecnologia, antecipação do plantio de soja e Programa de Melhoramento Genético foram destaques do II Seminário Tecnológico da Cultura da Soja, realizado nesta quarta-feira, em Dourados-MS. O encontro reuniu, aproximadamente, 350 pessoas no auditório da Embrapa Agropecuária Oeste, empresa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, entre técnicos, estudantes, produtores e especialistas.  Realizado pela Embrapa Agropecuária Oeste e Fundação Vegetal, com parceria da Embrapa Soja (Londrina-PR) e Embrapa Escritório de Negócios de Dourados, o seminário abordou pontos decisivos para que a cadeia produtiva da soja tenha um melhor desempenho. De acordo com o chefe-geral da Embrapa Agropecuária Oeste, Mário Artemio Urchei, “precisamos valorizar a produção de sementes legalizadas, porque somente por meio delas estaremos gerando, de fato, desenvolvimento para o setor”. Ele salientou ainda que tais entraves podem ser superados “a partir do momento em que há interação e integração entre a pesquisa, a assistência técnica, as instituições de ensino e os produtores”. Chefe-geral da Embrapa Soja, Vânia Beatriz Rodrigues Castigliani, lembrou que “apesar das diversas limitações encontradas, os resultados do programa de melhoramento são bastante efetivos, haja vista o desenvolvimento de cultivares adaptadas, resistentes, a utilização correta de recursos produzindo materiais eficientes e a construção do prédio de pesquisa do programa de melhoramento de soja de Mato Grosso do Sul”. Castigliani citou também o uso de sementes ilegais, que “vai impactar de forma negativa na economia, no meio ambiente, na pesquisa, em todo setor agropecuário, caso não seja revertida a tendência crescente do uso de sementes piratas”. A pirataria foi assunto do chefe do Serviço de Fiscalização Agropecuário, da Superintendência Federal de Agricultura, Sérgio Paulo Coelho, que explicou a lei de sementes.  O Programa de Melhoramento Genético de Soja é coordenado pela Embrapa, através da Embrapa Soja (Londrina-PR), e os trabalhos são intensificados para que surjam cultivares adaptadas regionalmente, resistentes a doenças e com elevado potencial de rendimento. Assim, em 1998, a Embrapa Agropecuária Oeste (Dourados-MS) realiza os trabalhos de desenvolvimento de cultivares de soja para Mato Grosso do Sul em parceria com a Fundação Vegetal, Embrapa Soja e Embrapa Transferência de Tecnologia. A Fundação Vegetal é constituída principalmente pelas empresas produtoras de sementes da região sul do estado e segundo o seu presidente, Airton Francisco de Jesus, “somente atendendo as necessidades específicas da região é que obteremos um desenvolvimento técnico-científico da cultura”. Fato este comprovado, pois “hoje, Mato Grosso do Sul tem um programa de melhoramento de variedade de soja. Já temos BR MS”. O saldo positivo do programa pode ser observado também no “maior investimento nos processos, na multiplicação de experimentos, na interação entre os técnicos envolvidos, na adequação para inoculação e no número de linhagens testadas, que foi de 4.407 na safra 2004/2005 para 13.204, nesta safra. Não basta sermos produtivos, nossas variedades precisam apresentar características que agreguem outros valores”, detalhou o pesquisador da Embrapa, Marco Antônio Sedrez Rangel. Os valores mencionados estão relacionados à estabilidade, ciclo adequado, resistência a doenças e nematóides, acamamento, teor de óleo e proteína, entre outros.  Neste caso, merece destaque a BRS 239, que em lavouras comerciais demonstrou-se com “alto potencial produtivo, estabilidade e amplitude de época de semeadura”, relatou Bruno Ricardo Scheeren, membro da Fundação Vegetal. “Houve lavouras em Maracaju de 160 ha que produziram 60,8 saca/ha. Algumas que adotam o Sistema de Integração Lavoura-Pecuária, com 24 ha, produziram 79 saca/ha”, sublinhou. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Taxista boliviano é preso em MS com cocaína que entregaria em São Paulo
BATAYPORÃ
Vereador denuncia reforma de carro particular em oficina municipal
CRIME AMBIENTAL
Homem é multado em R$ 11 mil por desmatamento de vegetação nativa
COURO
Feira da Indústria de Calçados começa com projeções positivas
LUTO NO ESPORTE
Kobe Bryant, astro da NBA, morre aos 41 anos em acidente de helicóptero
CONCURSOS
Ao menos 15 órgãos abrem inscrições nesta segunda para mais de 600 vagas
COSTA RICA
Polícia prende suspeito de matar homem com tiros pelas costas em bar
DESLIZAMENTOS
Defesa Civil confirma 37 mortes por causa da chuva em Minas Gerais
BATAYPORÃ
Mulher de 22 anos é multada em R$ 1 mil por maus-tratos a cachorro
ECONOMIA
Dourados recebe palestra com técnicas para fugir da rotina na empresa

Mais Lidas

DOAÇÃO
Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados
DOURADOS
Motociclista bate em caminhão da coleta de lixo e fica em estado gravíssimo
MS
Homem é acusado de colocar sedativo no leite para abusar de enteada
DOURADOS
Designação para escolas e Ceim’s acontece neste sábado