Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
AGRICULTURA FAMILIAR

Semaf entrega mudas de maracujá para produtores de Dourados

Semaf entrega mudas de maracujá para produtores de Dourados

06 novembro 2017 - 16h50Por Assessoria

A Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar (Semaf), em parceria firmada com a Embrapa e a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) entrega aos agricultores familiares de Dourados as mudas de maracujá em mais uma etapa do projeto de fomento à produção da fruta no município.


Mais de 20 produtores recebem as 2,3 mil mudas para plantio nas propriedades que participam do projeto Maracujá Agroecológico. A ação busca a estruturação da cadeia produtiva do maracujá e a entrega das mudas é a quinta etapa de um processo que teve a produção das mudas, com estudo genético realizado pela Embrapa, a seleção dos produtores devidamente cadastrados na Semaf, a ministração de palestra com o tema “Cultura do maracujazeiro em sistema agroecológico” e o suporte para a preparação e análise do solo, das quais participaram especialistas da Semaf, Embrapa e Agraer, e dos produtores.


Segundo o secretário de Agricultura, Landmark Ferreira Rios, a meta é produzir pelo menos 20 toneladas de maracujá até os meses de março, abril e maio. “É uma injeção de ânimo ao setor com a geração de renda aos produtores e a inserção no mercado de uma quantidade do produto que leve a baixa do preço. Assim, ganha o produtor que permanece no campo, ganha o munícipe que tem um maracujá de boa qualidade mais acessível”, disse Landmark.


As mudas entregues são de maracujá do tipo Gigante Amarelo, Rubi do Cerrado e Sol do Cerrado. “Temos muitos pontos favoráveis ao cultivo do maracujá e de outras frutas, com clima e solo potenciais. Estas espécies são as mais adequadas a nossa região”, explicou o agrônomo José Joaquim, da Semaf.


Com a dotação de conhecimento e aplicação de tecnologias aos produtores, a meta da Semaf é que Dourados também caminhe para a independência na produção, não dependendo mais de trazer estes produtos de outras localidades.


Segundo o secretário Landmark Ferreira Rios, o entendimento de que o município e a região são potenciais produtores de plantas frutíferas se soma a necessidade de geração de emprego e renda e de aplicação de conhecimento que possuem os técnicos das entidades que tratam o assunto. “Solicitamos à Embrapa o aporte, tivemos na Agraer uma parceria e vamos trabalhando juntos com este planejamento para dar, literalmente, muitos frutos para que a nossa cidade evolua na produção agroecológica e venha ser autossuficiente em muitos aspectos. Potencial nós temos”, analisou Landmark.


Assim, a Semaf ataca um dos grandes entraves que o setor enfrenta que é a falta de especialização, e muitas vezes, de incentivo. O próximo passo será o fomento ao cultivo da goiaba, com os mesmos objetivos de aumento da produção e diminuição do preço no mercado local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ID ESTUDANTIL
MEC informa que emissão da "Carteira de Estudante" não está disponível
CRIME AMBIENTAL
Trator passando em cima de jacarés será investigado pela PMA
BELA VISTA
Condenada por matar filha bebê é encontrada morta em presídio
PROTESTOS
Com estradas bloqueadas, Bolívia vive escassez de comida e combultível
POLÍTICA
Mochi vai assumir comando estadual do MDB no lugar de André
CAPITAL
Após separação, jovem tenta matar ex-marido a golpes de faca
TRANSPORTE DE CARGA
Governo Federal altera tabela de frete e inclui pedágio no valor
ECONOMIA
Selo Arte vai abrir horizonte de oportunidades em MS, diz Reinaldo Azambuja
BRASIL
União oficializa desbloqueio de R$ 13 bilhões do Orçamento de 2019
APOSTAS
Loterias sorteiam R$ 55,6 milhões até quarta-feira

Mais Lidas

POLÍCIA
Vereador é agredido e roubado quando ia para igreja em Dourados
DOURADOS
Motociclista fica gravemente ferido após colisão no Parque Alvorada
FURTO
Casal é flagrado dentro de panificadora fechada na madrugada
DOURADOS
Mulher ameaça policiais com facão em abordagem por manobras perigosas