Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221

Seguro-desemprego será pago a mais de 3 mil pescadores de MS

11 dezembro 2009 - 10h30

Mais de três mil pescadores de Mato Grosso do Sul que sobrevivem da pesca artesanal já se recadastraram para receber o benefício do seguro-desemprego durante o período de defeso. O benefício pago, um salário mínimo, e garantido pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

No Estado, 3.028 trabalhadores solicitaram o seguro através de caravanas realizadas pelo Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador e Fundação Estadual do Trabalho (Ciat/Funtrab) nas colônias do interior. O número parcial já é superior ao registrado em 2008, quando foram recadastrados 2.507 trabalhadores nas colônias. Os pescadores já estão recebendo o benefício e outros ainda devem receber até o Natal.

Todos os pescadores que foram recadastrados neste ano devem receber o dinheiro do seguro-desemprego. Aqueles que tiverem o pagamento bloqueado podem ter algum vínculo empregatício que impede o recebimento do benefício – como ter trabalhado registrado por até duas semanas durante o período de defeso ou mesmo ser aposentado.

Mesmo com fim da caravana da Funtrab nas colônias de pesca, os pescadores ainda não recadastrados têm até o dia 28 de fevereiro para solicitarem o formulário de requerimento do seguro-desemprego. Os trabalhadores podem procurar qualquer agência do Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador (Ciat) do município mais próximo.

A Funtrab esclarece que não é necessário apresentar o atestado do pescador junto a colônia de pesca. O documento já não é mais exigido por uma decisão do Tribunal Superior do Trabalho. Aqueles que tiverem dúvidas a respeito do seguro-desemprego ou documentação exigida podem entrar em contato com a Funtrab, através do telefone 0800 647 0013, com o número do PIS, para a verificação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARANAÍBA
Homem é preso por furtar saco de cimento de Centro de Educação Infantil
RECEITA FEDERAL
Cerca de 700 mil contribuintes caíram na malha fina em 2019
SAÚDE
Enfermeira é flagrada dormindo em UPA e secretaria diz que era intervalo
PARCERIA
BB prorroga condições da Semana de Negociação até O fional do ano
POLÍCIA
Casal do Paraná é preso por torturar criança adotada em MS há 2 meses
BOATE
Jogador francês de vôlei é preso em BH após denúncia de assédio
CORUMBÁ
Caminhão tomba após bater em caminhonete dirigida por motorista embriagado
ECONOMIA
Pagamento da 13ª parcela do Bolsa Família começa nesta terça
DOURADOS
Homem deixa chave no contato e tem moto furtada
MISTÉRIO
Helicóptero que caiu próximo a fronteira pertence a brasileiro

Mais Lidas

TRÊS LAGOAS
Trabalhador morre em turbina de hidrelétrica em MS e polícia investiga
PESQUISA
Oito em cada dez pessoas já leram notícias falsas em redes sociais
RIBAS DO RIO PARDO
Furtou caixa de som da prefeitura e foi preso por série de furtos
POLÍTICA
Comissão aprova projeto de Nelsinho Trad, que prevê ginástica laboral