Menu
Busca domingo, 18 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Saúde, educação, representatividade e as eleições 2016

07 julho 2015 - 06h24

Editorial

O discurso inflamado do secretário de Saúde Sebastião Nogueira na manhã de ontem durante o lançamento do novo Hospital São Luiz, em Dourados, teve como ‘endereço’ o deputado federal Geraldo Resende, que horas antes fez o seu ‘comercial’ no lançamento do programa AJA (Avanço do Jovem na Aprendizagem), no anfiteatro da Escola Estadual Presidente Vargas.

Companheiros de PMDB, os dois são nomes fortes e pré-candidatos da sigla às eleições do ano que vem no município. Portanto, nada melhor do que aproveitar os flashs de câmeras, microfones e a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) no município para mostrar força.

Primeiro, durante evento de entrega dos kits escolares e lançamento do AJA, Resende falou sobre seu trabalho em angariar recursos ao município e disse não medir esforços para que isso aconteça. Ao mesmo tempo, o parlamentar disse ter recebido a ‘missão’ do governador de conversar no Ministério da Saúde ainda esta semana e captar recursos para Dourados.

Apressado, o deputado saiu antes mesmo do fim da cerimônia e não chegou sequer perto do lançamento dos 40 leitos e quatro UTI’s do Hospital São Luiz, onde estava o secretário.

Mesmo ausente, indiretamente o parlamentar foi lembrado por Nogueira, que cobrando melhorias nos repasses da saúde do município, questionou ‘onde estaria a representatividade’ que a cidade tanto precisa.

Antes, para embasar o raciocínio, ele relatou a quantidade per capita investida pelo governo federal nos principais municípios do Estado, como Campo Grande – que recebe R$ 14,89 - e Corumbá, R$ 8,87, para em seguida comparar com Dourados e seus míseros R$ 5,04 por habitante.

Presidido por Resende, o PMDB vê mais um capítulo no fogo cruzado que se tornou a busca do partido em lançar nome para suceder Murilo Zauith (PSB) no próximo ano. A ‘guerra’ dentro da sigla já resultou na saída do radialista e ex-deputado federal Marçal Filho para o PSDB e na quase certa ida da vereadora Délia Razuk para o PR.

Agora, os peemedebistas evidenciam mais uma parte do ‘racha’ que deve acabar com novas saídas do partido até o meio do ano que vem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRANSFORMADOR
Manutenção pode provocar falta de água em todos os bairros de Dourados
VILA VARGAS
Final do 16º Interdistrital de Futebol será realizado neste domingo
FACADAS
Traficante brasileiro mata namorada dentro de cela no Paraguai
TEMPO
Domingo nublado com possibilidade de chuva em Dourados
POLÍTICA
Comissão sobre Escola sem Partido faz nova tentativa de votar relatório
POLÍTICA
Em encontro com Maia e Bolsonaro, governadores defendem votação de projetos para enfrentar crise
ECONOMIA
União já pagou este ano R$ 3,5 bi em dívidas atrasadas dos estados
TRÊS LAGOAS
Homem cai em golpe ao tentar comprar carro na internet
MATO GROSSO DO SUL
Edital para inserção de jovens no mercado de trabalho está aberto até dezembro
Processo visa a seleção de entidades que possam atuar, em parceria com a SED, no acompanhamento de estudantes, matriculados no ensino médio, para a atuação profissional.
TV
Samantha Schmütz celebra papel dramático em 'Carcereiros': 'Porta para o público me ver de uma maneira diferente'

Mais Lidas

DOURADOS
Bandido armado faz arrastão do Flórida ao Centro durante a noite
DOURADOS
Dupla desobedece ordem de parada, é perseguida e acaba presa em flagrante por porte de arma
CAMPO GRANDE
Homem se joga do 9° andar de hotel luxuoso na Capital
NOVA ALVORADA DO SUL
Acidente entre dois veículos termina com dois feridos e BR-163 interditada