Menu
Busca segunda, 20 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

São Paulo responsabiliza MS por casos de leishmaniose

19 agosto 2006 - 09h42

O coordenador de Controle de Doenças da Secretaria de Saúde de São Paulo, Carlos Magno Fortaleza, responsabilizou Mato Grosso do Sul pelo grande número de casos de leishmaniose em algumas cidades do Estado. Segundo ele o motivo se deve à entrada da doença no Estado, em 1999, pelas cidades que fazem divisa com Mato Grosso do Sul, como Presidente Prudente; e Bauru e Araçatuba, que estão na principal rodovia paulista (Marechal Rondon) que dá acesso a Mato Grosso do Sul. O número de casos de leishmaniose visceral confirmados no estado de São Paulo até agora está prestes a se igualar ao do ano passado: 143 contra 146 registrados em 2005.  Naquele ano, 16 pessoas morreram vítima da doença, transmitida pelo mosquito-palha. Até agora, estão confirmadas seis mortes, sendo três delas em Dracena, a 160 quilômetros da Capital, na região centro-oeste de São Paulo. A leishmaniose é transmitida pela picada do mosquito-palha e a forma mais comum de contaminação é pelo contato do inseto com o sangue de cachorros infectados. Ao picar humanos, ele transmite a doença, que pode ser fatal. Febre, inchaço do fígado e do baço e palidez são sintomas da doença, tratada apenas com medicamentos. A leishmaniose chegou a Dracena no ano passado. Foram confirmados 20 casos. O prefeito da cidade, Junior Stelato, entende que a situação é quase de calamidade pública e estima que 25% dos 10 mil cães da cidade estejam infectados. Ontem, o Instituto Adolfo Lutz confirmou a contaminação de 200 cães, que serão sacrificados.  Mutirões de limpeza pela cidade e aplicação de veneno são ações da Prefeitura para matar o mosquito-palha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Receita recupera R$ 5,2 bilhões em dívidas de empresas com o Simples
CORUMBÁ
Homem é preso após agredir a esposa com pedrada na cabeça
FRONTEIRA
Polícia paraguaia destrói plantação de maconha avaliada em US$ 990 mil
BRASIL
Após chuvas, Espírito Santo tem 229 pessoas desalojadas e 6 mortos
VIOLÊNCIA
Homem é executado com 11 tiros na Capital
POLÍCIA
Funcionária de supermercado tem celular furtado enquanto trabalhava
DEODÁPOLIS
Pecuarista é multado por degradações ambientais em áreas protegidas
PONTA PORÃ
Caminhonetes são encontradas incendiadas no lado brasileiro da Fronteira
ECONOMIA
Brasil assina acordo de cooperação agrícola com a Alemanha
DOURADOS
Concursados da PM, Bombeiros e GM se unem para cobrar convocação

Mais Lidas

CAPITAL
Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão
TRÁFICO
Polícia flagra esquema de venda de droga no cartão em Dourados
DOURADOS
Mulher é trancada no banheiro durante assalto no BNH 3º Plano
GUARDA
Traficante que queria ganhar R$ 12 mil vendendo drogas é presa em Dourados