Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Sanesul deve perder poder para reajustar tarifa no Estado

20 janeiro 2004 - 17h17

Mudanças na política de saneamento, em estudo pelo governo federal, deverá atingir, principalmente, a Sanesul em Mato Grosso do Sul. Pela proposta, a concessionária dos serviços de água e esgoto não poderá conceder reajuste nas tarifas, como faz a companhia estadual. Pela proposta, a empresa será obrigada a pedir autorização para cada um dos 61 municípios administrados, que deverão instituir uma agência de regulação dos serviços. A mudança não atinge Campo Grande porque a concessão já é fiscalizada pela Agência Municipal de Regulação de Serviços Delegados, que também é encarregada pela concessão do reajuste na tarifa. O poder público poderá usar o IPC como índice para conceder o aumento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIÁRIO OFICIAL
Relação de candidatos para docente de curso para policiais é divulgado
MEIO AMBIENTE
PMA divulga Cartilha do Pescador 2020 com as novas regras para pesca
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende Corguinho e Rochedo na próxima semana
SÃO CONRADO
Identificado homem morto a pauladas e polícia busca suspeito
BRASIL
Governo prorroga prazo para aplicação da nova carteira de identidade
CAMPO GRANDE
Polícia prende bando que furtou condomínio e acha joias já derretidas
ENERGIA
Bandeira tarifária segue verde em março; conta não terá cobrança extra
CAPITAL
Empresário perde R$ 500 mil ao repassar ouro e diamantes a golpistas
COMBUSTÍVEIS
Petrobras reduz preço da gasolina em 4% e do diesel em 5% nas refinarias
BODOQUENA
Bebê e mãe morrem após o parto e secretarias de saúde apuram negligência

Mais Lidas

MEIO AMBIENTE
Proprietário de rancho é autuado por pescar em rio durante a piracema
PARQUE DO LAGO
Ladrões usam carro para estourar porta de mercado e fogem com cofre; veja vídeo
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira
DOURADOS
Dupla dispara, mata jovem e deixa outro ferido no Jardim Independência