Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Sanesul desconhece ação movida contra a empresa

04 março 2005 - 14h47

O responsável pelo departamento comercial da Sanesul, Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul em Dourados, Onofre Assis Souza, disse há pouco ao Dourados  News que a diretoria da empresa desconhece a ação movida pelo vereador Eduardo Marcondes (PMDB), que decidiu acionar a Justiça solicitando a instalação do equipamento eliminador de ar na tubulação que antecede os hidrômetros por parte da concessionária.“Estaremos encaminhando a documentação para a diretoria para que as devidas providências sejam tomadas”, informou.Onofre disse ainda que a empresa desconhece a eficiência do equipamento já que nenhum estudo foi apresentado comprovando a importância do aparelho.“ Estamos cumprindo o que determina a lei, não conheço nenhum estudo que comprove a utilidade do aparelho, até então isso não passa de mais uma forma de comercialização”, ressaltou.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA DO BRASIL
Águia Negra treina em São Paulo para jogo contra Ferroviária
CAMPO GRANDE
Escola da zona rural é beneficiada com o parque feito em presídio
LITERATURA
Há 75 anos, morria Mário de Andrade, um dos maiores escritores do país
ESPORTES
Ciclista de MS conquista duas medalhas em competição nacional
ESTÁGIO
Acadêmicos do Vale Universidade podem cumprir horas nos finais de semana
DOURADOS
‘Confusão’ em Carnaval na praça gera discussões sobre uso dos espaços públicos
CRIME AMBIENTAL
Homem é autuado em 12 mil por falta de conservação de solo
CRISE
Com mais 23 assassinatos, mortes no Ceará chegam a 170
'PURO ÓDIO'
Liderança do PCC em Campo Grande é morto por dupla
REGIÃO
PMA paralisa atividade em carvoaria ilegal e autua proprietária

Mais Lidas

DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar