Menu
Busca domingo, 22 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Sanesul beneficia jovens com programa Vale Universidade

17 maio 2011 - 09h47

A Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul)vem atendendo jovens através de estágios pelo programa Vale Universidade. A ação passou a ser implantada em março deste ano. São ao todo 22 acadêmicos distribuídos por 17 localidades. O benefício é destinado aos estudantes universitários de baixa renda comprovada de diversas instituições de ensino e acadêmicos indígenas da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). O repasse da bolsa é feito de acordo com o cumprimento de alguns quesitos, através de um convênio com a Setas (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social).

O programa Vale Universidade foi instituído pela Lei 3.783, de 16 de novembro de 2009. Implementado através da Setas. O objetivo é proporcionar aprendizagem social e profissional por meio de convivências com situações reais do trabalho.

O diretor de Administração e Finanças, André Soukef, diz que aderir ao Programa é uma forma da Sanesul cumprir com sua função social como uma empresa pública. “Estamos auxiliando na formação profissional destas pessoas que, no futuro, podem voltar e fazer parte do quadro funcional da empresa” O Diretor ainda afirma que esta mão de obra não gera custo para a Empresa e é útil no desenvolvimento das tarefas.

A gerência regional de Coxim (Genorte-Cox) é uma das localidades que agrega aos seus serviços o trabalho de estagiárias do programa Vale Universidade. As duas participantes locais do convênio são acadêmicas do curso de Ciências Biológicas e fazem o estágio no Laboratório da Regional.

O gerente João Farias, de Coxim, acredita que a oportunidade que a Empresa dá aos estudantes do interior é única “tendo em vista que as oportunidades na região são muito escassas para os que almejam a área biológica, além de termos poucos laboratórios por aqui, não é fácil para eles conseguir um encaixe nestas empresas”, aponta.

Para a supervisora de estágio Sandra Sena, as acadêmicas fazem uma grande diferença para a atividade realizada dentro da Empresa. “É ótimo para a nossa equipe, principalmente no setor em que elas estão atuando, porque é um local onde a demanda é muito grande. Atendemos oito localidades e a participação delas é indispensável”, afirma a supervisora de estágio. Além de contribuírem com o conhecimento teórico que recebem na universidade, como afirma Farias.

Josiane de Moura reconhece o valor de estar estagiando no Laboratório da Sanesul. “Estou aprimorando meus conhecimentos além de ser uma referência no meu currículo”.

Já as atividades desenvolvidas pelos estagiários de Brasilândia são de atendente e administrativo. “O estudante tem a oportunidade de concluir um ensino superior, pois a Sanesul tem muito a oferecer”, diz o supervisor de estágio de Brasilândia José Carlos Rodrigues. “A Empresa ajuda a desenvolver os trabalhos cotidianos com novos pensamentos e opiniões, isto acrescenta na prática dos trabalhos”, conclui.

“A Sanesul é para mim, a oportunidade de interagir com o público e de me preparar para o mercado de trabalho”, conta a acadêmica de biomedicina de Brasilândia, Paula Megid.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Paolla Oliveira exibe corpão ao tomar sol em piscína
LAGUNA CARAPÃ
Polícia apreende 365 quilos de maconha em veículo abandonado
GUARAPUAVA
Acidente aéreo mata deputado estadual do Paraná Bernardo Carli
AMAMBAI
Bebê de 1 ano e 9 meses morre afogado em açude de chácara
BLOCOS
Temer vai ao México para reunião de Mercosul e Aliança do Pacífico
MEIO AMBIENTE
PMA de Dourados autua pecuarista em R$ 57 mil por desmatamento
EMPREGO
10 órgãos abrem inscrições para quase 600 vagas na segunda-feira
CAMPO GRANDE
Mulher fica gravemente ferida após ser lançada contra arame farpado
AMPLAVISÃO 1315
Nas pontes de Roma a lembrança de André
DOURADOS
Poste derrubado após roubo de veículos continua caído na Marcelino Pires

Mais Lidas

ÁGUA BOA
Ferido com tiro durante comemorações na Copa é preso com drogas em Dourados
CAMPO DOURADO
Jovem nega tráfico e diz que pedido de carona o levou até casa com droga
DOURADOS
Índios invadem fazenda, torturam e fazem caseiro refém por 6h
CAMPO GRANDE
Mulher morre ao bater carro na traseira de caminhão parado