Menu
Busca terça, 18 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Ronaldinho poderá ser chamado para depor

01 fevereiro 2005 - 13h54

O meia Ronaldinho poderá ser uma das pessoas chamadas pela Justiça de Paris para depor sobre supostas irregularidades em cerca de 50 transferências de jogadores do Paris Saint-Germain (PSG) entre 1998 e 2003.
Além do astro, estão sendo investigados os casos dos laterais André Luiz e Paulo César. O atual presidente do Paris Saint-Germain, Francis Graille, foi nesta terça-feira a primeira pessoa a depor ao juiz Renaud van Ruymbeke, mas não na condição de acusado, e confirmou que a atual direção do clube será parte civil na causa.
A gestão de Graille não está em questão e o presidente reiterou que colaborará com a Justiça, da mesma forma que a rede de televisão Canal+, proprietária do clube. O juiz investiga supostas irregularidades nas transferências do Paris Saint-Germain, entre eles a de Ronaldinho, que na época deixou o Grêmio e, dois anos depois, foi vendido ao Barcelona.
O brasileiro poderá ser chamado para depor, como outros jogadores cujos transferências são suspeitas, como o atacante Nicolas Anelka, comprado do Real Madrid e vendido para o Manchester City. A operação financeira iniciada para a contratação de Ronaldinho fez os lucros sumirem dos cofres, apesar de o valor do jogador ter se multiplicado por cinco nas duas temporadas nas quais vestiu a camisa do Paris Saint-Germain.
O clube francês pagou 4 milhões de euros por Ronaldinho, mas uma filial holandesa do Canal+ desembolsou outros 10 milhões de euros pelos direitos de imagem do jogador. O Paris Saint-Germain vendeu Ronaldinho ao Barcelona por pouco menos de 30 milhões de euros, mas antes teve de comprar os direitos de imagem da filial holandesa, à qual pagou cerca de 19 milhões de euros, cujo destino inquieta os investigadores.
 Este tipo de operação e as multimilionárias comissões recebidas pelos intermediários são os dois focos da atenção dos juízes. Entre as transferências investigados estão as dos franceses Peter Luccin, Stéphane Dalmat, Laurent Robert, Lionel Letizi, Nicolas Laspalles, Jerome Leroy, Kaba Diawara, Bernard Lama, Yann Lachuer e do italiano Marco Simone.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Quatro cidades recebem atendimento com programa ‘Cassems Itinerante’
EDUCAÇÃO
MEC divulga nesta terça o resultado da segunda chamada do ProUni
SIDROLÂNDIA
Defesa atesta insanidade e homem que matou esposa será internado
DOURADOS
Pregão para fornecimento de refeições no RU da UFGD será hoje
POLÍTICA
Câmara dos Deputados faz sessão para analisar MP do crédito rural
ANGÉLICA
Homem diz que estava indo matar rival ao ser preso com faca e revólver
TEMPO
Terça-feira de sol com aumento de nebulsidade em Dourados
CAPITAL
Pai que matou filho afogado também responderá por tentativa de homicídio
NOVO PADRÃO
Termina prazo extra para placa do Mercosul entrar em vigor no Brasil
PARAGUAI
Justiça solta 4 agentes penitenciários presos após fuga de 76 detentos

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros