Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

Revista insinua acordo entre Zeca e André Puccinelli

12 agosto 2006 - 13h36

Edição desta semana da Revista Istoé destina uma reportagem à movimentação do candidato petista Delcídio do Amaral na disputa pelo governo estadual. Ao apontar as adversidades do político dentro do próprio partido, como o prejuízo com as denúncias de corrupção envolvendo petistas, a revista sugere ter havido um acordo entre o governador Zeca do PT e o candidato do PMDB ao governo, André Puccinelli, feito em 2002, quando o peemedebista administrava Campo Grande e cogitou disputar com Zeca, que concorreu a novo mandato. “Pelo acerto, Puccinelli abria mão de candidatar-se naquele momento, e Zeca, em troca, facilitaria a vida dele nas eleições deste ano. Agora, o governador estaria pagando a fatura”, diz a reportagem de Istoé. Consta ainda no texto que em outra ocasião, com Delcídio já pré-candidato, o ex-tesoureiro do PT nacional, Delúbio Soares, esteve na Capital e declarou apoio a Puccinelli, “num movimento orquestrado por Zeca.”A revista coloca que outra dificuldade do candidato petista é não ter o “PT local entre de corpo e alma na campanha”. São lembrados o “ruído” entre Zeca e Delcídio quando o senador cogitou ingressar no PSDB, no começo do ano, e o envolvimento tardio de Zeca na campanha.A reportagem cita a atuação de Delcídio à frente da CPI dos Correios e as decisões tomadas, que contrariaram o PT mas comprovaram o mensalão. Ele é classificado na matéria como neopetista. Antes de ingressar no partido, Delcídio foi filiado ao PSDB. É apontado o empenho do candidato na campanha, para superar a diferença de Puccinelli, que lidera nas pesquisas. “Na rua eu sou bom, sou um craque”.“Os tempos de CPI, com exposição permanente na mídia, fizeram de Delcídio uma celebridade nacional, mas a notoriedade não chegou aos rincões de Mato Grosso do Sul”, traz a reportagem. “Eu fiquei praticamente um ano envolvido com a liderança do PT e com a CPI”, disse, para explicar o início da corrida política depois que o adversário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Governo deposita salários de servidores nesta quinta-feira
ECONOMIA
Após debate presencial nos EUA, dólar cai e fecha cotado a R$ 5,61
CAMPO GRANDE
Plano de saúde deve ressarcir segurada por despesas médico-hospitalares
PANTANAL
Com controle do fogo no Amolar, combate aos focos ocorre na fronteira com a Bolívia
ECONOMIA
Guedes diz que Brasil “volta aos trilhos” com criação de empregos
REGIÃO
Técnico agrícola é flagrado com veículo “recheado” de cigarros contrabandeados
SAÚDE
Mortes e casos graves após cirurgias plásticas na fronteira geram denúncia no MP de Dourados
CAGED
Dourados volta a crescer na geração de emprego e acumula saldo superior a 500 novas vagas
SANEAMENTO E LOGÍSTICA
Governador vem a Dourados na sexta lançar e entregar obras
BRASIL
Falta de acordo cancela sessão do Congresso

Mais Lidas

REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Disputa pela prefeitura tem dois milionários e total de bens chega a R$ 13 milhões
CAPITAN BADO
Ataque de pistoleiros a veículo deixa dois mortos na fronteira