Menu
Busca quarta, 14 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
MS

Representantes da segurança pública são homenageados pela Secretaria Nacional Antidroga

25 junho 2015 - 19h00

Assessoria

Representantes da segurança pública de Mato Grosso do Sul foram homenageados pela Secretaria Nacional Antidrogas, com o Diploma de Honra ao Mérito pela Valorização da Vida, durante solenidade realizada na Câmara de Vereadores de Campo Grande, nesta quarta-feira (24).

Entre os agraciados com a honraria, que foi entregue pelo Secretário Nacional de Políticas Sobre Drogas, Vitor André Zílio Maximiniano, estão o Delegado-Geral da Polícia Civil, Roberval Maurício Cardoso Rodrigues, o titular da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar), delegado Rodrigo Guiraldelli Yassaca, o comandante da Polícia Militar Rodoviária, tenente-coronel Waldir Ribeiro Acosta e o major Luciano Espíndola da Silva, comandante da 1ª Companhia da Polícia Militar Rodoviária.

A homenagem faz parte da programação da XVII Semana Nacional Antidrogas, organizada pelo Conselho Estadual Antidrogas (Cead) e Conselho Municipal Antidrogas (Comad), que tem o intuito de alertar a sociedade sobre os riscos do uso de drogas e no combate ao tráfico.

Segundo pesquisas do Centro Brasileiro de Informações Sobre Drogas, 19,4% das pessoas que vivem no país, em alguma etapa da vida já fez uso de drogas, além disso, aponta que a dependência química afeta 47,6% da população. A pesquisa exclui o fumo e o álcool. Em Mato Grosso do Sul, as polícias trabalham com afinco no combate ao tráfico de drogas e consequentemente o uso.

No último ano, através do trabalho realizado pela Polícia Militar Rodoviária, Polícia Civil, Polícia Militar e Departamento de Operações de Fronteira (DOF), foram tiradas de circulação no Estado 230 toneladas de drogas, quantidade jamais apreendidas pelas polícias estaduais no país. E a expectativa é que Mato Grosso do Sul quebre o próprio recorde este ano, já que as apreensões cresceram quase 40% neste primeiro semestre e já passa de 120 toneladas.

Do total de drogas apreendidas no Estado, mais de 41 toneladas foram tiradas de circulação pela Polícia Militar Rodoviária, que no enfrentamento aos crimes, intensificou as ações nas rodovias estaduais. O comandante Waldir Acosta atribui o bom desempenho da PRE à dedicação dos policiais, a quem estende a homenagem. “É fruto dos trabalhos realizados diuturnamente pelos nossos valorosos policiais, que merecem esse reconhecimento e essa homenagem”, destaca.

Discursando em nome dos homenageados, o Delegado-Geral da Polícia Civil destacou a importância do trabalho que as polícias de Mato Grosso do Sul prestam aos demais estados brasileiros. “Das mais de 120 toneladas de drogas apreendidas neste ano, menos de 10% seria consumida no Estado, sendo que todo o restante se não fosse tirado de circulação iria alimentar o tráfico nas principais cidades brasileira”, frisou o delegado Roberval.

A solenidade realizada na Câmara de Vereadores contou ainda com as presenças de diversas autoridades e foi presidida pelo presidente do Conselho Estadual Antidrogas de Mato Grosso do Sul, Sérgio Harfouche, responsável pela realização da Semana Nacional Antidrogas no Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SELEÇÃO
CBF divulga numeração para últimos amistosos do ano
FISCALIZAÇÃO
Ação contra comércio de pneus usados apreendeu produtos em lojas de Dourados e Campo Grande
LAVA JATO
Lula será interrogado hoje pela juíza que substitui Sérgio Moro
DOURADOS
Polícia faz ação em ‘favelinha’ em busca de criminosos
NOVEMBRO AZUL
'Papo Aberto' acontece nesta quarta-feira, na Unidade 2 da UFGD
TELEVISÃO
Masterchef Profissionais: André é eliminado e Paola cai em prantos
RIO BRILHANTE
Prefeito anuncia corte do próprio salário em 10%
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
ENCONTRO
Azambuja e outros governadores se reúnem hoje com presidente eleito Bolsonaro
PALESTRA
Audiência será realizada em alusão ao mês da Consciência Negra

Mais Lidas

PEDRO JUAN
Advogada de narcotraficantes brasileiros morre após atentado na fronteira
PARAGUAI
Polícia paraguaia acredita que pistoleiros brasileiros mataram advogada
PEDRO JUAN CABALLERO
Vídeo mostra momento em que advogada é atingida por pistoleiros
FRONTEIRA
Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é alvo de atentado com 14 tiros