Menu
Busca terça, 28 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Repórter da Globo seqüestrado pelo PCC é libertado

14 agosto 2006 - 06h09

O repórter da TV Globo Guilherme Portanova, seqüestrado na manhã do último sábado, na capital paulista por supostos integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC), foi libertado por volta da 0h30 desta segunda-feira no bairro paulistano do Morumbi, na zona sul da cidade. Ele permaneceu em cativeiro por cerca de 40 horas e, durante esse período, o PCC ameaçava matá-lo caso a Globo não exibisse vídeo da facção criminosa com críticas ao sistema prisional paulista. A emissora atendeu a exigência na madrugada de domingo e veiculou o material no Estado de São Paulo. Guilherme, que foi rendido com o auxiliar técnico Alexandre Calado (também já solto) na porta de uma padaria próximo à Globo, rumou diretamente para a sede da emisora após ser libertado. Lá, ele afirmou que está bem e não foi ferido pelos seqüestradores: "Estou legal, ninguém me agrediu. Fui alimentado e, calculo, saí do cativeiro logo depois do Fantástico. Eles disseram que queriam ver o vídeo no ar e, aparentemente, ficaram satisfeitos", declarou o jornalista à rádio CBN. As autoridades ainda não têm pistas sobre a identidade ou o paradeiro dos seqüestradores. O auxiliar técnico Alexandre Calado, libertado no sábado à noite, foi incumbido pelo PCC de entregar à Globo a cópia do vídeo. O material, com 3 minutos e 26 segundos de duração, trazia um homem encapuzado criticando o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), que prevê o isolamento dos detentos. A polícia de São Paulo informou que, na última semana, o SBT enviou uma cópia do mesmo vídeo ao Ministério Público Estadual, depois de o ter recebido pelos correios e se negado a divulgá-lo, como pedia uma carta anônima. Calado disse, em entrevista ao Fantástico veiculada nesde domingo à noite, que ele e o repórter ficaram a maior parte do tempo sentados no banco traseiro de um dos carros utilizados no seqüestro. O carro ficou parado no interior de uma garagem, em local desconhecido para o auxiliar. Ele ficou o tempo todo de olhos vendados ou sentado virado para uma parede. O funcionário, que durante a madrugada deste domingo prestou depoimento ao Departamento Anti-Seqüestro (DAS), acredita que os bandidos não tinham alvo direcionado. "Eles levariam qualquer um da Globo. Infelizmente levaram nós dois", disse o auxiliar. Delegado critica exibição de vídeo O delegado de polícia José Vicente da Silva criticou a Globo por "ter cedido à pressão dos bandidos", e assegurou que "quando há seqüestro existe risco, mas há espaço para a negociação".O policial qualificou o seqüestro como um novo passo "no conjunto de ações terroristas" desta facção criminosa.O diretor de jornalismo da TV Globo São Paulo, Luiz Cláudio Latge, disse que a decisão de atender à reivindicação dos criminosos foi da emissora, sem participação do governo estadual ou da polícia.Em nota entregue à imprensa, a Globo afirmou que foi orientada por órgãos internacionais a divulgar a mensagem."Não havia alternativa", diz a nota, ao resumir o resultado das consultas e afirmar que o breve prazo dado pelos seqüestradores tornava impossível uma consulta às autoridades locais e colocava a vida de Portanova em perigo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Paciente em surto arranca soro do braço e deixa UPA ensanguentada
JUDICIÁRIO
Plano de saúde incluirá criança sob guarda judicial como dependente
CAMPO GRANDE
Homem acusado de estuprar enteada de 11 anos foge após denúncia
DOURADOS
Secretário destaca esforço para garantir crianças em salas de aula
CAPITAL
Família procura por homem com alzheimer desaparecido a quatro dias
CRISE
Governo anuncia demissão do presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Identificado homem que morreu em capotamento provocado por anta na BR-060
ENSINO SUPERIOR
Resultado do Sisu 2020 é liberado após STJ atender recurso do MEC
POLÍCIA
Casal que levava carro roubado para fronteira é preso
JUSTIÇA
Companhia aérea indenizará passageiro por tratamento indevido

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
IVINHEMA
Confusão em posto termina com um morto e outro ferido por PM de folga
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois