Menu
Busca domingo, 25 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018

Receita deve liberar hoje a consulta ao 7º lote do IR

10 dezembro 2003 - 09h28

A Receita Federal deve liberar na tarde desta quarta-feira a consulta ao 7º e último lote de restituições do Imposto de Renda deste ano. O dinheiro será corrigido em 13,34%, correspondentes à variação da taxa Selic de abril a novembro e mais 1% de dezembro e estará disponível para o contribuinte no dia 15.

Segundo informações da Receita, quem não fizer o saque da restituição no prazo de um ano deverá requerê-lo mediante o preenchimento do formulário eletrônico (Pedido de Pagamento de Restituição), disponível na página da Receita na internet.

Caso o contribuinte não concorde com o valor da restituição, poderá sacar a importância disponível e reclamar a diferença posteriormente.

Cerca de 2,5 milhões de contribuintes com direito à restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física 2003 (ano-base 2002) terão que aguardar o sétimo e último lote regular para saber se caíram ou não na malha fina da Receita Federal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUU!!
Débora Oliver faz cliques quentes para o Diamond Brazil
ASSEMBLEIA
Seminário sobre regularização fundiária urbana é o destaque da semana
LOTERIA
Apostas para a Dupla de Páscoa já podem ser feitas
PM E BOMBEIROS
ACS elege novo presidente em MS
ESTADO
Começa em abril inventário de plantas e solo do Cerrado de Mato Grosso do Sul
Veículos roubados que seriam levados para o Paraguai são recuperados
BRASIL
Conta-salário poderá ser transferida para instituições não financeiras
RECOMENDAÇÃO
Prefeito vai revogar doação de área a Arquidiocese de Campo Grande
MS/PR
Assaltantes se escondem em pântano e acabam presos
ESTADUAL
Federação adia fim da primeira fase após ajuste de tabela

Mais Lidas

NOVO HORIZONTE
Foragido da Justiça é preso após trocar tiros com policiais em Dourados
WILLIAM DENTE PODRE
Ladrão baleado após atirar contra a polícia morre em hospital
DOURADOS
Idoso morre ao ser atropelado na Monte Alegre
FÁTIMA DO SUL
População faz protesto e pedem Justiça no caso Débora