Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Receita de MS vai cancelar CPFs não cadastrados

13 janeiro 2004 - 13h02

Neste mês, a Receita Federal está fazendo um “pente fino” no CPFs (Cadastro de Pessoa Física) que não foram declarados por dois anos consecutivos e está cancelando os cadastros. Segundo o delegado da Receita Federal de Mato Grosso do Sul, Paulo Peperário, quem deixou de declarar por um ano está com o CPF enquadrado na situação pendente de regularização e o se o contribuinte deixou de declarar por dois anos, ficará com o CPF cancelado. Até agora, a Delegacia da Receita Federal de Mato Grosso do Sul cancelou 506.474 CPFs no Estado e ainda, 169.123 estão pendentes de declaração. Em 2002 foram realizadas 548,809 mil declarações até o dia 28 de novembro. A declaração do CPF (Cadastro de Pessoa Física) para a Receita Federal é obrigatória a todas as pessoas. São dois os tipos de declaração: a Declaração de Isento e a Declaração de Ajuste Anual. O Isento é o contribuinte que recebeu rendimento tributável (trabalho assalariado, não assalariado, proventos de aposentadoria, pensões, atividade rural, aluguéis etc.) cuja soma total ficou em no máximo R$ 12.696,00. Já a Declaração de Ajuste Anual deve ser feita por todos os que receberam acima deste valor. A regularização da situação do isento, que está ameaçado de ter o CPF cancelado, é a mais simples. Basta se dirigir ao Banco do Brasil, à Caixa Econômica ou aos Correios e pagar uma taxa de R$ 4,50 depois de fornecer os dados obrigatórios. A Receita Federal prevê o cancelamento de 8 milhões de CPFs de contribuintes que deixaram de entregar a Declaração de Isento em 2002 e 2003 em todo o país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA DO BRASIL
Águia Negra treina em São Paulo para jogo contra Ferroviária
CAMPO GRANDE
Escola da zona rural é beneficiada com o parque feito em presídio
LITERATURA
Há 75 anos, morria Mário de Andrade, um dos maiores escritores do país
ESPORTES
Ciclista de MS conquista duas medalhas em competição nacional
ESTÁGIO
Acadêmicos do Vale Universidade podem cumprir horas nos finais de semana
DOURADOS
‘Confusão’ em Carnaval na praça gera discussões sobre uso dos espaços públicos
CRIME AMBIENTAL
Homem é autuado em 12 mil por falta de conservação de solo
CRISE
Com mais 23 assassinatos, mortes no Ceará chegam a 170
'PURO ÓDIO'
Liderança do PCC em Campo Grande é morto por dupla
REGIÃO
PMA paralisa atividade em carvoaria ilegal e autua proprietária

Mais Lidas

DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar