Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Ramiro vai a São Paulo tentar derrubar liminar de juiz

18 janeiro 2004 - 13h55

O Procurador do Ministério Público Federal (MPF), Ramiro Rockenback da Silva, disse há pouco ao Dourados News, ao sair do encontro com o antropólogo Cláudio Romero, da Funai, que vai amanhã cedo para São Paulo onde pretende derrubar, no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, a liminar expedida na semana passada pelo juiz federal Odilon de Oliveira, que determina a reintegração de posse aos fazendeiros que tiveram áreas invadidas pelos índios na região de Japorã, fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. Ramiro já anexou à representação que está encaminhando ao TRF a carta divulgada ontem por este jornal e que foi escrita pela adolescente indígena da área de conflito Agda Rocha Riquelme, também identificada como Kunã Yvoty, que significa "Flor de Mulher" em Tupi Guarani. Ela diz que seu povo está disposto a dar a própria vida para defender a luta pela terra. O indigenista da Funai saiu otimista do encontro com Rockenback, acreditando que seja possível reverter a liminar do juiz federal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
UFGD fará programação de recepção aos calouros no dia 03 de março
CAPITAL
Menina de três anos tem braços quebrados após ser espancada por garoto
CONCURSO
Exército abre inscrições para 1.100 vagas da Escola de Sargento
CORUMBÁ
Homem mata professor e foge após confessar crime para mãe
FUTEBOL
Maracaju terá que mandar jogos com portões fechados
NAVIRAÍ
Agente penitenciário é preso acusado de fornecer celular e drogas aos detentos
BENEFÍCIO
Fundect abre 50 vagas para bolsas de Agentes Locais de Inovação
CAMPO GRANDE
Chuva forte alaga ruas e arrasta carros na Capital
FERIADO
Judiciário de MS não terá expediente nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro
ELEIÇÕES 2020
Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018