Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221

Ramez Tebet pede fim dos ataques israelenses no Líbano

01 agosto 2006 - 17h15

Ao lamentar as mortes de mais de 750 civis libaneses por bombardeios israelenses nas últimas semanas, o senador Ramez Tebet (PMDB-MS), pediu em Plenário, nesta terça-feira, a negociação urgente de um cessar fogo na região. Tebet reclamou do uso desproporcional da máquina de guerra de Israel contra as populações desarmadas do Líbano. “Quanto mais a civilização avança, mais se aproxima da barbárie”, afirmou o senador ao lembrar sua origem libanesa, lamentando a impotência  da Organização das Nações Unidas e dos grandes paises em cumprir um compromisso de cessar fogo.     “Como é triste para um descendente de libaneses, como é triste para os brasileiros e para a humanidade que quer paz, contemplar a terra de seus familiares, destruída novamente depois de ter sido recuperada” observou o senador. Ele lembrou que o Líbano, há uma década “saia de uma situação calamitosa, de uma interminável guerra, renascendo das cinzas, para  uma grande obra de recuperação.     Ramez protestou contra a condição de força, onde uma grande potência subjuga um pais que nunca se armou para a guerra. O senador acentuou que o Brasil possui uma descendência de libaneses superior à própria população do Líbano, com cerca de 6 milhões de descendentes residentes no País e os quase 70 mil brasileiros que ainda estão no Líbano atualmente. Os senadores Ney Suassuna, Romeu Tuma e Tasso Jereissati, em apartes, manifestaram solidariedade às  famílias de descendentes de libaneses, residentes no País.     

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHEIRO DE POLÊMICA?!
Zé Loreto é criticado por suposto caso com Marina Ruy Barbosa
DOURADOS
Promotores vão à Câmara entregar documentos de investigação contra vereadores
CORONEL SAPUCAIA
Ação conjunta prende dupla e apreende menor suspeito de roubo
DOURADOS
"Lata de sardinha": universitários sofrem com ônibus lotados para chegar até Universidades
AÇÃO DA PF
Apresentação realizada na Capital deu nome à Operação da PF
ARTIGO
A difícil arte de ser honesto
PREVENÇÃO
SES ressalta sobre cuidados para prevenir dengue
CRIME EM 10 DE FEVEREIRO
Acusados de matar jovem a facadas em Dourados se apresentam à polícia
DOURADOS
Clínica Veterinária Unigran é a única que atende animais silvestres na região da Grande Dourados
GERAL
PF prende presidente da CNI, Robson Andrade

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura