Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Ramez Tebet diz que municípios continuarão de pires da mão

23 dezembro 2003 - 12h09

O senador Ramez Tebet (PMDB/MS) previu ontem, durante pronunciamento na tribuna o Senado, que os municípios brasileiros continuarão amargando o prejuízo, a exemplo dos pequenos estados, em decorrência da aprovação da reforma tributária, aprovada pelo Congresso. Segundo o senador, a proposta do governo federal aponta prejuízos, principalmente, para a região Centro-Oeste. “Não por acaso, os municípios continuarão a pontuar sua fragilidade, o que significa que continuarão de pires na mão a depender dos entes mais fortes”, criticou. Tebet disse que a reforma não contribuiu para modernizar e nem para dar força à União, aos estados e aos municípios. Em Mato Grosso do Sul, por exemplo, a maioria dos 77 municípios passa por dificuldades em decorrência das sucessivas políticas econômicas adotadas pelo governo federal. A queda no repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) registrada entre maio e julho deste ano e o corte de verbas contingenciadas no Orçamento da União de 2003, causaram um rombo nas finanças das prefeituras, conforme atesta a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). Por causa disso, muitos prefeitos estão em dificuldades para pagar a folha de dezembro e o décimo terceiro salário dos servidores públicos municipais. Na avaliação do senador, a reforma não contribuiu para modernizar o País no aspecto fiscal, mantendo prerrogativas que beneficiam apenas os estados mais ricos.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA AMÉRICA
Pressionada após derrota, Argentina encara o Paraguai nesta quarta
RESERVA INDÍGENA
Casal é preso pelo assassinato de tio e sobrinho em Dourados
CAMPO GRANDE
Homem morre ao colidir moto na traseira de carro em rodovia
DOURADOS
Bancos, comércio, shopping; veja o abre e fecha do feriado de Corpus Christi
EDUCAÇÃO
Secretário de Educação Básica do MEC visita Escolas da Autoria em MS
FUTEBOL
Copa Feminina: Argentina e Escócia disputam vaga nas oitavas de final
NOTA FRIA
PF de MS faz operação contra contrabando em PR e São Paulo
DOURADOS
Reinaldo atende Marçal e anuncia R$ 25 milhões para recuperar ruas
UFMS
Universidade encerra inscrições para professores com salários de até R$ 19 mil
JUDICIÁRIO
Acusada de matar cunhado por motivo torpe vai a júri nesta quarta

Mais Lidas

FATALIDADE
Corpo de douradense é encontrado no rio Aquidauana
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
PARAGUAI
Homem escapa de sequestro, mas acaba executado por pistoleiros em posto
RESERVA INDÍGENA
Dois são presos suspeitos pelas mortes de tio e sobrinho em Dourados