Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Rali Paris-Dakar 2004 bate recorde de participantes

19 dezembro 2003 - 12h22

O Rally Paris-Dakar, a maior e mais perigosa competição off road do mundo, terá um número recorde de participantes na edição 2004, com 607 inscritos entre motos, carros, caminhões, quadriciclos e veículos de assistência. O recorde anterior é de 1988, com 603 participantes. A largada será em Clermont Ferrand, na França, no dia 1o de janeiro, e a chegada está prevista para o dia 18 nas praias de Dakar. Pilotos de mais de 30 nacionalidades estarão percorrendo 11.090 quilômetros por sete países da Europa e África: França, Espanha, Marrocos, Mauritânia, Mali, Burkina Fasso e Senegal. Entre os inscritos está a equipe Petrobras Lubrax, formada por André Azevedo, Jean Azevedo, Klever Kolberg e Lourival Roldan, única representante do Brasil na competição. Eles embarcarão para a Europa no dia 25 de dezembro.Pela primeira vez na história o time brasileiro correrá com chances reais de conquistar resultados inéditos na classificação geral em motos e caminhões. Jean Azevedo vai usar uma motocicleta KTM semi-oficial de 700 cilindradas, mais potente que a utilizada na edição 2003, quando foi bicampeão da categoria Production e quinto na geral. O paulista de 29 anos estará correndo na categoria Super Production, onde a preparação e a manutenção são praticamente ilimitadas.André Azevedo, vice-campeão na geral no último Dakar ao lado dos checos Tomas Tomecek e Mira Martinec, espera pelo menos repetir o excelente resultado da edição passada. “Agora só falta um degrau”, comenta André, que correrá novamente com um caminhão Tatra.O Mitsubishi Pajero Full da equipe Petrobras Lubrax, embora seja o veículo que mais recebe investimentos para desenvolvimento, está fora da briga pelas primeiras colocações na classificação geral. “As equipes de fábrica têm investido milhões e milhões de dólares na construção de carros super-preparados e aí a briga é desleal. Se o nosso Pajero custa 300 mil dólares, um carro de ponta custa dez vezes mais”, comparou Kolberg. Ele pretende melhorar o bom resultado do Dakar 2003, quando terminou em terceiro na categoria Super Production Diesel, que em 2004 terá 62 concorrentes. Para 2005 o plano da equipe é participar do Dakar com um novo carro, mais desenvolvido, tentando igualar à condição que a equipe já conquistou nas motos e caminhões.A Petrobras Lubrax é a única equipe do mundo inscrita nas três categorias: carro, moto e caminhão. E também entrou para a história na chegada do Paris-Dakar 2003 quando subiu ao pódio três vezes simultaneamente. O Dakar 2003 começou em Marselha, na França, e terminou em Sharm El Sheikh, no Egito. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Irmã de Luan Santana posa de biquíni e recebe elogios: 'obra de arte'
ANGÉLICA
Jovem é preso por levar pistola de uso restrito para escola e ameaçar alunos
DOURADOS
Praça Antonio João terá mobilização pela Semana da Árvore no sábado
RIO GRANDE DO SUL
Justiça condena União a indenizar professora perseguida na ditadura
MEIO AMBIENTE
Jaguatirica capturada ferida em pousada é lavada para reabilitação
MIRANDA
Pecuarista é multado em R$ 17 mil por desmatamento em área protegida
ESTADOS UNIDOS
Bolsonaro viajará para assembleia da ONU em NY, diz porta-voz
CRIME AMBIENTAL
Construtor é autuado por caça e pesca predatórias e porte de arma
STJ
INSS deve pagar por afastamento de vítima de violência doméstica
CAPITAL
Gerente desvia R$1,2 milhão e compra casa em condomínio de luxo

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção