Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

QUERER (FAZER), NEM SEMPRE É PODER (FAZER).

15 agosto 2006 - 13h32

* José Alberto Vasconcellos    Há uma confusão entre querer e poder. No primeiro mundo, o sujeito é livre para ir e vir, pensar, externar seu pensamento, mas está, sempre, ciente de que a lei tem que ser cumprida. No primeiro mundo não há complacência: o direito individual está circunscrito pelas disposições legais.  É elementar em direito, que o indivíduo pode fazer tudo aquilo que a lei não proíbe, e a administração pública pode fazer tudo aquilo que lhe autoriza a lei. Esse mecanismo funciona nos paises altamente civilizados, tidos como primeiro mundo; no nosso mundo, com civilização ainda na condição de desenvolvimento e cujo estágio, ao que parece, não apresenta muita mudança nos últimos 500 anos, o indivíduo QUER e PODE, isto é, a lei tem valor muito relativo. Exemplificando: à vista dos escândalos que pipocam todos os dias no nosso Congresso Nacional, transformando-o numa Beirute tupiniquim, todos temos vontade de meter fogo no edifício que abriga os luminares da política nacional

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir contra poste em bairro de Campo Grande
VILA FORMOSA
Projeto “Mais Movimento”, reduz índices de doenças crônicas
POLÍCIA
Grávida, adolescente de 15 anos briga com padrasto e o agride a facadas
JUSTIÇA
TRT ratifica obrigação da Eldorado adequar jornada de motoristas
POLÍCIA
Contrabandista ligado a doleiro que agia na fronteira é expulso do Paraguai
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende 383 pessoas na volta do serviço em 2020
CAPITAL
Polícia fecha boca de fumo que funcionava como desmanche de motos
DOURADOS
Prefeitura intensifica parceria com piscicultores para ampliar produção
SEGURANÇA
Ministério Público libera Morenão para partidas do Estadual de Futebol
SERVIÇO
Detran/MS suspende emplacamento para implantação da Nova PIV

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
DOAÇÃO
Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta