Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Puccinelli defende macrozoneamento sócio-econômico de MS

09 agosto 2006 - 16h28

O candidato ao Governo do Estado André Puccinelli (PMDB), da coligação "Amor, Trabalho e Fé", afirmou nesta quarta-feira que fará um levantamento detalhado das necessidades e peculiaridades dos municípios de Mato Grosso do Sul. Segundo ele, o macrozoneamento sócio-econômico permitirá que a administração estadual desenvolva ações específicas para fomentar a economia local. "Vamos incorporar as universidades e técnicos do governo nesse projeto. Sabendo das vocações e das necessidades dos municípios poderemos agilizar as ações", disse, durante palestra realizada em Campo Grande. Puccinelli lembra que as cidades têm realidades diferentes e as especificidades devem ser consideradas pelo governo. As informações do estudo também servirão de base para projetos a serem desenvolvidos com o objetivo de diversificar a matriz econômica do Estado. O setor do agronegócio está entre os primeiros que devem ser beneficiados. "No agronegócio essas ações são mais rápidas, pois já exportamos muitos produtos in natura. Vamos atrair indústrias de transformação para gerarmos emprego e renda no Estado, exportar o sapato, a bolsa, e não somente o couro", exemplificou. Outra proposta, conforme Puccinelli, é fortalecer as câmaras setoriais já existentes, realizando reuniões periódicas e estimulando a participação dos membros na administração estadual. Também será fomentado o turismo de eventos e negócios em todo o Estado. "Em Corumbá, por exemplo, falta um centro de convenções. O carnaval, os outros eventos são importantes, mas falta um lugar para receber grupos que poderiam participar de eventos e também fazer turismo na região", afirmou. Puccinelli também defende a parceria do Governo do Estado com a iniciativa privada, para as obras de infra-estrutura, e com as universidades. Para o candidato, mesmo de forma ainda insipiente no Brasil, as PPPs (Parcerias Público-Privadas) têm dado resultado. "As PPPs já estão sendo usadas para construir a linha 4 do metrô de São Paulo e já há licitações de obras rodoviárias", disse. Ele defende também uma lei estadual para as micro e pequenas empresas, já que a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas ainda não foi a votação em Brasília - a proposta é reunir em uma única lei todas as legislações existentes sobre obrigações e direitos dos pequenos empreendedores. "Vamos estudar. Por que não uma lei estadual para as micro e pequenas empresas?", disse. Conforme Puccinelli, só será possível dinamizar o setor, tirando micro e pequenos empresários da informalidade, simplificando os tributos e criando mecanismos para investimentos em infra-estrutura e qualificação. "A informalidade é o resultado da falta de apoio. Hoje, se o micro e pequeno entra para o mercado formal, ele tem tantos impostos que não consegue abrir vagas de trabalho, não consegue investir. Vamos trabalhar para mudar isso", concluiu.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Mourão inaugura estátua de D. Pedro I em São Paulo
CRIME AMBIENTAL
Paulistano é multado em R$ 21 mil por derrubar mata atlântica em MS
Grupo de Trabalho
Reunião discute combate ao feminicídio em Mato Grosso do Sul
BRASIL
Grupos de estudantes podem agendar visitas às sessões plenárias e das Turmas do STF
ESTADO
MEC aprova 1ª Residência Multiprofissional em Saúde da Família da UEMS
BRASIL
Chuvas em Minas Gerais já fizeram 7 mortos
CONTRABANDO
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em relógios e celulares
POLÍTICA INTERNACIONAL
Brasil e Índia assinam acordos em tecnologia, energia e segurança
CAPITAL
Homem é atacado por pitbull em praça quando brincava com os filhos
TRÁFICO DE DROGAS
Cocaína apreendida em Ponta Porã seria levada para Brasília

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
DOAÇÃO
Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta