Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

PT faz seminário e reúne lideranças em Corumbá

31 março 2005 - 12h16

De amanhã até sábado parlamentares petistas de todo o Mato Grosso do Sul, além de lideranças e militantes, vão estar em Corumbá para o seminário "Construindo a Participação Popular", organizado pelo Diretório Regional do partido. O encontro é o quarto de uma série que o PT-MS promove como parte da programação dos 25 anos do Partido dos Trabalhadores. Os anteriores ocorreram em Rio Verde, Jardim e Cassilândia.Para o encontro, que começa amanhã, às 19 horas, na sede do Clube Corumbaense, estão convocados petistas dos municípios de Dois Irmãos do Buriti, Anastácio, Aquidauana, Bodoquena, Miranda e Ladário. Na pauta estão temas como a conjuntura política e o desenvolvimento regional e sustentável. Também será discutida a eleição para os diretórios estadual e municipais do PT, em setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO
Técnico Valdir Espinosa morre no Rio de Janeiro
EDUCAÇÃO
Termine seus estudos com o EMFA
NEGÓCIOS & CIA
Por que você não consegue ter resultado nas suas vendas?
Educação
Curso de Especialização - Lato Sensu em Docência na Educação Superior da Universidade Mackenzie no polo da Erasmo Braga
CORONAVÍRUS
China espera ter epidemia sob controle no fim de abril
EXAME
Resultado da primeira suspeita de coronavírus em MS deve sair ainda pela manhã
ECONOMIA
Refis: empresas ainda tem superdescontos para regularizar débitos do ICMS
UFGD
Projeto Chá com Drama inscreve novos participantes até 2 de março
HARRISON DE FIGUEIREDO
Preso com revólver, homem disse ter se armado contra ameaças de rival
ALERTA
Saúde tem seis casos monitorados por suspeita do novo coronavírus em MS

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira