Menu
Busca segunda, 24 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

PT discute eleição no Congresso com PFL e PSDB

11 fevereiro 2005 - 18h00

O senador Delcídio Amaral (MS) que assume a liderança do PT no Senado - substituí a senadora Ideli Salvatti (SC) - anunciou para domingo uma reunião com o PFL e o PSDB sobre a composição da Mesa no Senado. A liderança do PT se reuniu hoje pela manhã e, apesar das diversas pressões e algumas divergências em torno dessa composição, Delcídio Amaral revelou que as comissões já estão mapeadas.O PT terá a presidência das comissões de Relações Exteriores e talvez a da Comissão de Educação ou a de Assuntos Sociais. Além disso, o partido quer criar uma Comissão de Agricultura, provavelmente via PDT.Estão definidas para o PMDB as Comissões de Assuntos Econômicos e talvez a de Educação, se esta não ficar para o PT. O PFL ficaria com a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania e a Comissão de Infra-Estrutura, o PSDB com a nova Comissão de Desenvolvimento Regional.O PTB ganhou mais um parlamentar com o ingresso do senador de Roraima, Mozarildo Cavalcanti no partido, antes do PPS Contando apenas com a senadora cearense Patrícia Saboya, o PSB segue desfalcado com a saída de Geraldo Mesquita (AC), agora sem partido.Delcídio do Amaral disse que espera, além do PFL e PSDB, a migração de outras siglas na composição da Mesa do Senado. Segundo Amaral, há uma disputa pela primeira secretaria da Mesa entre os senadores Efraim Morais (PFL-PB) e Edson Lobão (PFL-MA). Mas a maior preocupação do novo líder do PT é a atual composição da Mesa da Câmara, sem qualquer compromisso partidário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo facilitará exportações de produtos voltados à Defesa
BRASIL
Síndrome metabólica em adolescentes é tema de pesquisa da Capes
DOURADOS
Campanha sobre tuberculose e hanseníase será realizada em março
POLÍCIA
DOF flagra cinco com 400 quilos de contrabando em Dourados
BRASIL
Trabalho infantil aumenta 38% durante o carnaval; saiba como denunciar
STF
Liminar garante ao RS fixar contribuição previdenciária de militares sem sanções por parte da União
DOURADOS
Com ponto facultativo, sessão da Câmara foi antecipada
MS
Um dos pilares da ressocialização, a religião promove ambiente de fé em presídios
ESTADO
Judiciário de MS retomará expediente na quinta-feira
MUNDO
Cientistas descartam que novo vírus tenha origem em mercado em Wuhan

Mais Lidas

CRIME
Ex-integrante de grupo de Rap é morto a tiros em Dourados
WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação