Menu
Busca terça, 22 de outubro de 2019
(67) 9860-3221

Promotoria analisa pedido de advogado contra Guarda Municipal

19 agosto 2002 - 09h07

O supervisor das Promotorias Criminais de Dourados João Albino está analisando uma representação que impetrada pelo advogado Isaac de Barros Júnior contra a Guarda Municipal de Dourados. Hoje o promotor deverá enviar documentos ao chefe da Guarda tenente Pedro Ferreira, ao prefeito Laerte Tetila, ao promotor do Direito do Cidadão, Patrimônio Público e das Fundações Marcos Siste. Ele quer saber destas autoridades se está existindo alguma irregularidade no porte de arma por parte dos Guardas Municipais de Dourados. E se algum tipo de crime foi cometido por integrantes da GM no exercício da função. O advogado Isaac de Barros acredita que ao andarem armados os Guardas ferem o artigo 328 do Código Penal. O promotor João Albino também vai pedir para que a Polícia Civil investigue se existe algum crime que foi cometido por integrantes da Guarda Municipal de Dourados.(A/C)

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO NOVO
Homem que matou servente de pedreiro a coronhadas é preso
POLÍTICA
Senador Nelsinho Trad consegue liberação de recursos para três municípios
SANTA CATARINA
Menina de 7 anos morre ao cair do 18° andar de prédio em construção
AMAMBAI
Prefeitura abre concurso com 80 vagas e salários de até R$ 6.973
CRIME AMBIENTAL
Mecânico é preso e multado em R$ 1,3 mil com pescado fora medida
POLÍTICA
Com problemas de saúde, Zeca do PT deixa presidência do partido
TRÁFICO
Jovem de Minas Gerais é presa com maconha em ônibus na MS-156
FUTEBOL
Inter anuncia contratação do técnico Zé Ricardo até o final de 2019
POLÍTICA
Parceria público-privada na Sanesul sai até dezembro, diz Azambuja
QUARTA-FEIRA
Com Bolsonaro, Mourão e Maia fora, Alcolumbre assume presidência

Mais Lidas

DOURADOS
Criança de 1 ano da entrada na UPA com suspeita de overdose
MS-141
Acidente entre Ivinhema e Angélica envolve dois veículos
DOURADOS
Morre homem atropelado por motorista bêbado na BR-163
DOURADOS
PM é detido suspeito de extorquir produtores prometendo ‘segurança’ em área conflito