Menu
Busca domingo, 26 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Promotor pede embargo de 19 passeios turisticos em Bonito

16 agosto 2006 - 12h20

O promotor de justiça de Bonito, Luciano Loubet, entrou hoje com ações civis públicas com pedido de liminar para o embargo judicial de 19 atrativos turísticos do município que não possuem licença para funcionamento da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) ou do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Ibama). Entre as atrações está a Gruta do Lago Azul, administrada pela prefeitura local e considerada unidade de conservação estadual pelo Instituto de Meio Ambiente Pantanal (Imap), ligado à própria Sema.A ação na Justiça também coloca na mira do embargo os passeios de bote nos rios de Bonito, fazendas de ecoturismo, campings, o Balneário do Sol e até a Ilha do Padre.Segundo o promotor, os proprietários e administradores dos passeios desconsideraram a necessidade da licença mesmo com a tramitação há 4 anos de inquérito civil sobre o assunto. Além de ingressar com a ação, Loubet pediu o embargo administrativo dos passeios à Polícia Militar Ambiental e Ibama. “Qualquer um dos dois (Justiça ou órgãos) impede de funcionar”, disse.O ultimato aos proprietários de passeios foi dado há quatro meses, em reunião de ajuste de conduta coordenada pelo promotor. “Eles receberam este prazo para providenciar a licença, mas nenhum apresentou e culpam os órgãos ambientais pela ausência”, dispara. O processo para concessão do pedido de licença dura até 60 dias enquanto o prazo dado pela Promotoria correspondeu ao dobro. “Esta reunião não contou com a presença do Imap, que foi notificado posteriormente por ofício sobre o resultado, mas não respondeu”.Loubet disse que estabeleceu quatro meses de prazo exatamente para haver tempo hábil para que todos se regularizassem. Segundo ele, somente a Ilha do Padre já teria tido licença de operação.Para o promotor, a situação, além de contrariar a legislação, penaliza os demais administradores de atrativos turísticos que têm licença e, por conta dessa situação, precisam atender a uma série de regras. Hoje, Bonito conta com 19 passeios licenciados e mais três cuja licença é dispensada.Sem o licenciamento, explica o promotor, os atrativos não têm um estudo sobre limitação de público, monitoramento ambiental. “Não há parâmetros”. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Mourão inaugura estátua de D. Pedro I em São Paulo
CRIME AMBIENTAL
Paulistano é multado em R$ 21 mil por derrubar mata atlântica em MS
Grupo de Trabalho
Reunião discute combate ao feminicídio em Mato Grosso do Sul
BRASIL
Grupos de estudantes podem agendar visitas às sessões plenárias e das Turmas do STF
ESTADO
MEC aprova 1ª Residência Multiprofissional em Saúde da Família da UEMS
BRASIL
Chuvas em Minas Gerais já fizeram 7 mortos
CONTRABANDO
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em relógios e celulares
POLÍTICA INTERNACIONAL
Brasil e Índia assinam acordos em tecnologia, energia e segurança
CAPITAL
Homem é atacado por pitbull em praça quando brincava com os filhos
TRÁFICO DE DROGAS
Cocaína apreendida em Ponta Porã seria levada para Brasília

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
DOAÇÃO
Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta