Menu
Busca terça, 16 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Promotor destaca papel da Universidade na educação ambiental

13 maio 2011 - 06h38

Começou na manhã desta quinta-feira (12) o III Workshop Responsabilidade Ambiental de MS -- Tecnologias e Inovações, promovido pelo Grupo de Estudos em Cana de Açúcar e Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais, ambos da UEMS. O objetivo central do evento é promover o debate ambiental entre profissionais, pesquisadores e acadêmicos, discutindo inovações e novas tecnologias relacionadas à responsabilidade em relação ao meio ambiente.

Para o palestrante Paulo César Zeni, promotor de justiça ambiental de Dourados, a Universidade é um dos únicos espaços onde a discussão ambiental é feita de maneira objetiva, visando essencialmente o próprio meio ambiente, e não somente os reflexos econômicos de medidas ambientais. "A Universidade age de duas maneiras fundamentais: a primeira é no desenvolvimento de novas tecnologias, necessárias para aperfeiçoar a preservação; e a segunda na contribuição para o processo de educação ambiental", diz Zeni.

O promotor destacou a educação como a maior ferramenta de defesa ambiental. Para ele, o maior número de inserções nos meios de comunicação observado nos últimos anos não representa maior eficiência nas campanhas. "A maioria dos veículos de comunicação coloca inserções com pautas ambientais na programação somente para atender a legislação que os obriga a isso. Não há, na maior parte dos casos, uma real preocupação em promover a educação ambiental", afirma o promotor.

Dentre os temas mais recorrentes que são apresentados à promotoria de justiça ambiental de Dourados, estão má-gestão de resíduos e efluentes, especialmente em relação a resíduos industriais, poluição sonora e logística reversa. "A logística reversa é quando a indústria assume a responsabilidade ambiental sobre as embalagens dos produtos que fabrica. Aqui em Dourados, isso só tem sido fetivamente implementado em relação aos que trabalham com produtos agrotóxicos", diz. O evento realizado na UEMS contou com a participação do presidente do CREA-MS Jary Castro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Toffoli suspende processos que contêm dados sem autorização judicial
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação
DOURADOS
Prestes a renovar concessão, prefeitura cria Conselho de Saneamento Básico
VIOLÊNCIA
Dourados já registrou 13 casos de maus-tratos a crianças em 2019
AQUIDAUANA
Delegado preso após sumiço de cocaína é suspeito de fazer "ponte" entre facções
MUZEMA
Operação prende 11 acusados de construir imóveis que desabaram no RJ
ESTADO
Policiais civis têm até 2 de agosto para retirar carteiras funcionais
ECONOMIA
Consulta Pública sobre tarifa do gás natural segue até 23 de julho
MARACAJU
Carga de maconha que seria levada à Capital é apreendida com tio e sobrinha
SEGURANÇA PÚBLICA
Frentes de combate à violência contra a mulher são ampliadas em MS

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado a tiros em conveniência
DOURADOS
Homem é morto no Jardim Pantanal; segundo homicídio da noite
DOURADOS
Homem assassinado no Jardim Pantanal tinha 23 anos
DOURADOS
Homem é baleado no Jardim Pelicano