Menu
Busca quinta, 17 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Promotor destaca papel da Universidade na educação ambiental

13 maio 2011 - 06h38

Começou na manhã desta quinta-feira (12) o III Workshop Responsabilidade Ambiental de MS -- Tecnologias e Inovações, promovido pelo Grupo de Estudos em Cana de Açúcar e Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais, ambos da UEMS. O objetivo central do evento é promover o debate ambiental entre profissionais, pesquisadores e acadêmicos, discutindo inovações e novas tecnologias relacionadas à responsabilidade em relação ao meio ambiente.

Para o palestrante Paulo César Zeni, promotor de justiça ambiental de Dourados, a Universidade é um dos únicos espaços onde a discussão ambiental é feita de maneira objetiva, visando essencialmente o próprio meio ambiente, e não somente os reflexos econômicos de medidas ambientais. "A Universidade age de duas maneiras fundamentais: a primeira é no desenvolvimento de novas tecnologias, necessárias para aperfeiçoar a preservação; e a segunda na contribuição para o processo de educação ambiental", diz Zeni.

O promotor destacou a educação como a maior ferramenta de defesa ambiental. Para ele, o maior número de inserções nos meios de comunicação observado nos últimos anos não representa maior eficiência nas campanhas. "A maioria dos veículos de comunicação coloca inserções com pautas ambientais na programação somente para atender a legislação que os obriga a isso. Não há, na maior parte dos casos, uma real preocupação em promover a educação ambiental", afirma o promotor.

Dentre os temas mais recorrentes que são apresentados à promotoria de justiça ambiental de Dourados, estão má-gestão de resíduos e efluentes, especialmente em relação a resíduos industriais, poluição sonora e logística reversa. "A logística reversa é quando a indústria assume a responsabilidade ambiental sobre as embalagens dos produtos que fabrica. Aqui em Dourados, isso só tem sido fetivamente implementado em relação aos que trabalham com produtos agrotóxicos", diz. O evento realizado na UEMS contou com a participação do presidente do CREA-MS Jary Castro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATENÇÃO
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana em MS
BALANÇO
Guarda apreendeu quase 2t de drogas na rodoviária de Dourados em 2018
EMBOSCADA
Dupla morta em atentado foi executada a tiros de pistola 9mm
BRASIL
Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017
NOVELA
Nova personagem de Letícia Persiles aparece no presente em ‘Espelho da Vida’
TOMA LÁ, DA CÁ!
Comitiva do PSL com dois parlamentares de MS na China é chamada de "semianalfabeta" por "guru" de Bolsonaro
VINGANÇA
Após execução, fronteira entra em alerta para “guerra sangrenta” por domínio do tráfico
ATAQUE
Jornalista sofre 3º atentado em três anos e tem carro incendiado
ESTADO
16 cidades de MS fecham 2018 sem nenhum homicídio
ACORDO
Novo tratado de extradição Brasil - Argentina agiliza trâmites

Mais Lidas

DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
NOVA LEI
Multa mínima para quem capturar Dourado na próxima temporada de pesca será de R$ 2,7 mil
INQUÉRITO CIVIL
Denúncia leva MP investigar recursos destinados à Saúde de Dourados
DOURADOS
Seis são apontados por participação em emboscada que matou interno do Semiaberto