Menu
Busca domingo, 21 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
MS

Projeto Florestinha aborda conscientização com mais de 2 mil alunos

22 setembro 2017 - 14h50


O Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para 2.605 alunos em Bandeirantes, Campo Grande e São Gabriel nas atividades comemorativas ao dia da árvore.

A data foi celebrada neste dia 21 de setembro. Desde o dia 11 até esta sexta-feira (22), os trabalhos foram realizados nas escolas da Rede Municipal de Ensino.

Em São Gabriel do Oeste com parceria da Prefeitura Municipal e uma equipe do Projeto Florestinha da Capital participaram 1.885 alunos das seguintes escolas: Escola Municipal Ênio Carlos Bortolini, Escola Municipal Senador Filinto Muller, Fundação Educacional Cristo Redentor, Escola Municipal Nilma Glória Gerace Gazineu, Escola Municipal Pingo de Gente e Escola Municipal Armelindo Tonon.

Entre os dias 18 a 22 foram atendidos 1.220 alunos de sete escolas do município de Bandeirantes, com prioridades às escolas rurais. Foi atendido o CEINF Recanto Feliz, a Escola Municipal Rural José de Anchieta, Escola Municipal Rural José Bonifácio, Escola Municipal Leontina Luciana da Silva,Escola Municipal Patotinha, Escola Estadual Ernesto Sólon Borges e a APAE local. A perspectiva é de atendimento de 1700 alunos em Bandeirantes.

Os trabalhos de Educação Ambiental foram executados em forma de oficinas didáticas com as seguintes temáticas:

1. Reciclagem de papel, com palestra sobre os problemas relacionados aos resíduos sólidos.

2. Visitação ao museu de animais e peixes taxidermizados e materiais utilizados em crimes ambientais (empalhados), com palestra sobre fauna, pesca, atropelamentos de animais silvestres, etc.

3. Apresentação do teatro de fantoches, com peças sobre as questões ambientais, como: desmatamentos, incêndios florestais e resíduos sólidos, etc.

4. Ciclo da Água, com palestras sobre o ciclo, uso sustentável, poluição e escassez dos recursos hídricos.

5. Casa da Energia - Trata-se de uma maquete de uma residência com todos os locais de consumo de energia (lâmpadas, chuveiros, ar condicionado, geladeira, micro-ondas etc.). Com esta oficina é realizada a discussão e informação sobre os tipos de energia e a importância ambiental de se economizar este recurso.

6. Plantio de mudas nativas, com palestra sobre flora (Desmatamento, erosão de solos, controle de poluição, assoreamento), preservação, conservação e uso racional dos recursos hídricos.


7 - Trilhas ecológicas – as trilhas já existem dentro do Parque. Nelas as crianças do Projeto Florestinha farão passeio com alunos, discutindo a importância da vegetação, bem como discutindo os problemas relativos ao desmatamento desregrado, visto que toda a área do parque era constituída por processos erosivos (Somente na Capital – Duas sedes do Projeto Florestinha).

Deixe seu Comentário

Leia Também

AMEAÇA
Para fechar STF basta 'um soldado e um cabo', diz filho de Bolsonaro
RIO BRILHANTE
Morador de assentamento é encontrado morto e suspeita é latrocínio
DOURADOS
Mulher de 40 anos é assaltado quando desembarcava de ônibus
UEMS
Conselho de Ética abre inscrições para eleição de representantes
EMPREGO
Ao menos 7 órgãos abrem amanhã inscrições para mais de 100 vagas
FÁTIMA DO SUL
‘Tuzin’ morre após colidir motocicleta em rotatória
SHOWBIZ
Sabrina Sato coloca fim a mistério e revela nome pra lá de diferente da filha
INTOLERÂNCIA
UFGD divulga Nota de Repúdio sobre "Suástica" em painel
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é autuado por desmatamento de vegetação nativa
TRÂNSITO
Acidentes com vítimas caem 18% até agosto, revela DPVAT

Mais Lidas

DOURADOS
Familiares e amigos dão adeus a empresário e filho mortos em acidente
DOURADOS
Bandidos atiram contra viatura e abandonam carro tomado em assalto
DOURADOS
Dupla é flagrada furtando comércio no Centro
TRÁFICO
Quadrilha que distribua cocaína é desarticulada em MS