Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Projeto CUCA ganha força com mais uma Bienal da UNE

16 fevereiro 2005 - 17h10

A 4ª Bienal de Arte e Cultura a UNE (25 de fevereiro a 2 de março) será um importante espaço para discussões sobre a proposta da entidade de criação do Circuito Universitário de Cultura e Arte, o CUCA da UNE. Para isso, a sede nacional do projeto, localizada originalmente no bairro Barra Funda, em São Paulo, irá se mudar para o sub-solo do Pavilhão da Fundação Bienal, no Parque Ibirapuera, transformando-se em um espaço alternativo para os participantes, que poderão conferir mostras dos trabalhos já desenvolvidos pela rede dos CUCAs em outros estados. Devem passar pelo Espaço CUCA cerca de 8 mil pessoas durante a Bienal. O Espaço CUCA terá também o papel estratégico de servir como ponto de convergência das discussões sobre a disseminação dos CUCA’s pelo país. Recentemente, oito projetos foram contemplados pelo programa Cultura Viva

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO GABRIEL
Menino de 5 anos é internado em estado grave após ser atropelado
SAÚDE
Trote solidário: UEMS incentiva doação de sangue e cadastro de medula óssea
CAPITAL
Garçom lambe orelha de cliente em bar e é denunciado à polícia
SAÚDE
Disseminação de fake news sobre coronavírus preocupa especialistas
LÉO VERAS
Suspeito nega execução de jornalista e teme queima de arquivo
ESPORTE
GP Rochedo de Ciclismo abre inscrições para prova dia 15 de março
SÃO GABRIEL
Peão morre atingido por hélice ao consertar maquinário em fazenda
SANEAMENTO
Sanesul executa obras de esgotamento sanitário em Antônio João
TRÊS LAGOAS
Motorista fica preso nas ferragens após colisão entre caminhões na BR-262
MEIO AMBIENTE
Bachelet critica 'retrocessos significativos' na política ambiental no Brasil

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira