Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99659-5905

Professor da Uniderp é premiado em Congresso Nacional

21 agosto 2006 - 08h19

O professor Fernando César Bauer, do curso de Agronomia e dos programas de Mestrado da Universidade para do Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp), recebeu o prêmio de melhor trabalho científico,  sob a forma de apresentação oral, na área de Máquinas e Mecanização Agrícola, durante o 35º Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola (Conbea), realizado de 31 de  julho a 4 de agosto, na cidade de João Pessoa/PB."Esse prêmio foi concedido pela Sociedade Brasileira de Engenharia Agrícola e, portanto representa a qualidade e o reconhecimento da pesquisa desenvolvida na Uniderp. Nós participamos do congresso com autores de todo o Brasil, inclusive instituições federais, nacionais e países como Chile, Equador e Argentina”, destaca Fernando.Com o tema Distribuição volumétrica de pontas 11002 com e sem indução de ar o trabalho foi desenvolvido com o professor Francisco de Assis Rolim Pereira da Uniderp, que prestou assistência técnica à pesquisa; e professor.  Carlos Gilberto Raetano, da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA), da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), campus de Botucatu.Fernando Bauer explica que os pulverizadores agrícolas se compõem de diversas peças e equipamentos como bomba, manômetro, reguladores de pressão, reservatório, válvulas, entre outros. Dentre esses componentes destacam-se as pontas de pulverização, também conhecidas como bicos. Esses bicos, ou pontas, são os responsáveis pelo volume de líquido aplicado, forma do leque produzido entre outras características da pulverização, sendo por isso considerados como uma das partes mais importantes do pulverizador.“Por isso o trabalho de pesquisa teve como objetivos avaliar, em laboratório, algumas qualidades da pulverização utilizando dois bicos parecidos denominados AXI 11002 e AVI 11002. Esses bicos, embora sejam tratados como iguais, possuem características bem diferentes, sendo essas diferenças demonstradas no trabalho. Além disso, destaca-se o ineditismo do trabalho, uma vez que ainda não existiam no Brasil trabalhos específicos com as pontas com indução de ar, caso das pontas AVI 11002”, aponta Bauer.Conforme Fernando Bauer o estudo já está publicado nos Anais do Congresso e o trabalho completo vai ser publicado ainda neste ano na revista de circulação nacional Engenharia Agrícola.O 35º Conbea foi promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Agrícola (SBEA) e abordou o tema central Agroenergia e Desenvolvimento Tecnológico, reunindo cerca de 800 participantes, entre profissionais da área,  pesquisadores, professores e acadêmicos de todo o Brasil e de outros países. Também foram debatidos temas como ciência e tecnologia de pós-colheita, energia na agricultura (geração, conservação e eficiência energética),  engenharia de água e solo, máquinas e mecanização agrícola, saneamento e controle ambiental (recursos naturais e meio ambiente), entre outros. Durante o congresso os participantes conferiram mesas-redondas, apresentações de trabalhos e palestras, minicursos, sessão de banners e reuniões técnicas. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Produção agrícola de MS atingiu recorde de R$ 19,2 bi em 2019
APÓS 10 ANOS
Conselho da Uems se reúne para definir volta de vestibular
OPERAÇÃO FOCUS
Pecuarista é multado em R$ 6,5 mil por incêndio em área de vegetação nativa
DOURADOS
Ex-secretário que cumpria prisão domiciliar é colocado em liberdade
COMER BEM
Saladas Mr Fit: variedade para sua dieta
JUSTIÇA
Corregedor da Câmara pede continuidade de processo contra Flordelis
INDENIZAÇÃO DE R$ 6 MIL
Vara de Dourados condena Loja e operadora de cartão por cobrança indevida
MUNDO NOVO
Ameaça e briga entre irmão termina com um preso por porte de droga
GARRAS
Investigação resulta na apreensão de grande quantidade de munições para fuzil
STF
Fachin nega pedido de Lula para suspender processo do tríplex

Mais Lidas

DECIBÉIS
Operação do Gaeco mira fraudes em licitações e cumpre cinco mandados em Dourados
INVESTIGAÇÃO
Policiais do Gaeco fazem nova operação em Dourados
DOURADOS
Gaeco deixa edifício com documentos apreendidos após mais de 5h
CAPITAL
Mulher com mandado de prisão em aberto é executada com oito tiros