Menu
Busca quinta, 19 de abril de 2018
(67) 9860-3221

Produtores já perderam R$ 809 mil com ocupação de terras

06 dezembro 2003 - 08h29

O conflito agrário entre indígenas e fazendeiros na região de Buriti vem causando impasse entre os envolvidos que aguardam para janeiro a decisão final da Justiça Federal. Enquanto isso não ocorre, são inúmeras as reclamações.A fazendeira Maris Taroco Rosa, de 28 anos, enfrenta o dia-a-dia do problema. Desde 22 de fevereiro a fazenda Buriti, de 413 hectares, onde trabalha com o esposo Ademir Marques Rosa, 39 anos, com agricultura apresentaram as perdas relativas aos nove meses de ocupação Terena: um total de R$ 808,9 mil.Cerca de 36 mil caixas de laranja com preço comercial de R$ 12,00 a caixa deixaram de ser colhidas. Foram perdidos 960 sacas de soja cujo valor de cada um seiria R$ 44,00. Ainda de acordo com a listagem apresentada pelos produtores, 30 hectares de plantação de milho não foi feito colheita, ou seja, 1,2 mil sacas no valor de R$ 12,00 cada teria sido o prejuízo.“O segundo maior prejuízo obtido foi na plantação, colheita e comercialização do tomate”, diz o relatório. 10.400 caixas não foram comercializadas, valor R$ 30,00 cada caixa.Além disso, os 240 hectares de pastagens onde havia um rebanho de 360 cabeças de gado, a qual a terra era utilizada para arrendamento no valor de R$ 7,00 por cabeça, não foi alcançado o objetivo. Em agosto deste ano, autoridades foram até a região em Sidrolândia onde firmaram um acordo para definir o impasse. Somente os indígenas de Dois Irmãos do Buriti não deixaram as fazendas ocupadas e por conta disso, este mês a Polícia Feral esteve naquela área promovendo uma desocupação. O juiz Odilon de Oliveira disse que em janeiro quando o laudo antropológico estiver concluído decidirá sobre o destino fundiário dos cerca de 17 mil hectares dali.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BIOMETRIA
Cadastro biométrico não é obrigatório no interior de MS para eleições 2018
DOURADOS
Pré-candidata a vice-presidência pelo PSOL visita Dourados nesta sexta-feira
ITAHUM
Prefeitura realiza ação social no Assentamento Lagoa Grande
POLÍTICA
Supremo retoma julgamento sobre pedido de liberdade de Maluf
REEDUCANDOS
Presídios de MS vão receber 1,1 mil vagas em cursos profissionalizantes para detentos
PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO DO CÂNCER
Délia encaminha instalação de unidade provisória de ‘Hospital de Amor’ em Dourados
IMPOSTO DE RENDA
Apenas 46,75% dos contribuintes entregaram declaração
DIA DO ÍNDIO
Prefeita Délia é recebida com festa pela comunidade indígena
MALHA VIÁRIA
Investimento na MS-156 diminui tempo da viagem pela metade
MINAS GERAIS
Brumadinho guarda uma das maiores preciosidades cultural e natural do país

Mais Lidas

ITAPORÃ
Mortos em troca de tiros após assalto eram de Dourados
SEGURANÇA PÚBLICA
Em comunicado, PCC convoca integrantes para “alerta geral”
TENSÃO EM MS
Presos tentam impedir pente-fino na PED, mas agentes fazem ‘limpa’
DOURADOS
Após invadir Ceim, dupla ameaça vigia de morte e rouba equipamentos