Menu
Busca terça, 25 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Procurador da República e repórteres ficam reféns de índios

15 janeiro 2004 - 15h02

O procurador da República Ramiro Rockenbach da Silva foi mantido em poder dos índios de Japorã, hoje de manhã. Ele foi ao local informar aos índios sobre a liminar de reintegração de posse, concedida ontem pelo juiz federal Odilon de Oliveira, e ficou retido numa das áreas ocupadas. O repórter Ginez Cesar, da TV Sulamérica (afiliada da TV Globo em Dourados), o repórter-cinematográfico Oséias Medeiros e o repórter-fotográfico do jornal “Diário MS”, de Dourados, Ademir Almeida, também foram retidos pelos índios. Eles acompanhavam a visita do procurador. O grupo ficou em poder dos índios por cerca de três horas. Os quatro, mais o motorista do Ministério Público Federal que levou Ramiro da Silva ao local, estão retornando neste momento a Dourados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Bancos passam a cobrar dólar do dia da compra com cartão
COMER BEM
Na Casa de Vó, cliente tem experiência viva de cheiros e sabores únicos da infância
Educação
O que você vai fazer pela sua carreira em 2020?
NEGÓCIOS & CIA
Carros para todos os momentos, a Unidas tem
Saúde e Bem-estar
Como um coaching carreira & vocacional pode ajudar na orientação da profissão?
REGIÃO
Homem é detido após disparar arma de fogo em residência
STJ
Plano de saúde coletivo não pode ser cancelado durante tratamento
TRÂNSITO
Prefeitura de Guarujá diz que não irá multar Bolsonaro por infração
INTERNACIONAL
Brasil amplia lista de países para definir suspeitos de coronavírus
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista

Mais Lidas

CRIME
Ex-integrante de grupo de Rap é morto a tiros em Dourados
DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
POLÍCIA
Ex-prefeito de Amambai Dirceu Lanzarini é ferido a tiros em atentado