Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Proagro atenderá 15% dos atigidos pela seca no RS

21 janeiro 2005 - 15h40

A Fetag quer que o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) prorrogue os financiamentos Custeio Agropecuário e Proger e pretende aproveitar a vinda do ministro Miguel Rossetto, ao Fórum Social Mundial, para tratar do assunto.
No Estado, a pressão é por rebate no pagamento do Troca-Troca. O MDA não deve se posicionar antes de dez dias, pois aguarda o diagnóstico que está sendo feito pela Emater em 2.114 propriedades de 102 municípios. "Esta radiografia da situação que auxiliará o governo a tomar decisões, disse o diretor técnico da Emater, Ricardo Schwarz.
 O gerente de agronegócio do Banco do Brasil, José Kochhann, disse que hoje sairão novos dados sobre o total de comunicados pedindo perícia. Até sexta-feira, eram 5.165. O governador do Estado, Germano Rigotto, recebe hoje balanço com as ações 2003/04 da Secretaria da Agricultura. A estiagem deve ser debatida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEFRON
Mais de 15t de drogas são incineradas no Distrito Industrial em Dourados
PAULISTÃO
Palmeiras e Guarani abrem hoje a sétima rodada
COLISÃO FRONTAL
Motorista foge após provocar acidente envolvendo ônibus com 20 universitários
RETA FINAL
Cartório Eleitoral de Dourados volta a realizar cadastro biométrico após interrupção
REGIÃO
Trabalhador de fazenda é encontrado morto em Santa Rita do Pardo
DOURADOS
Segundo sorteio do “Nota Dourada” premia cinco contribuintes
ECONOMIA
Vendas no comércio varejista crescem 3,6% em janeiro, diz Serasa
DOURADOS
Câmara aprova efetivação do Conselho de Proteção e Defesa dos Animais
CRÉDITO
Caixa anuncia financiamento imobiliário com juros fixos
BRASILÂNDIA
Homem é preso em flagrante após agredir mulher

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018