Menu
Busca domingo, 23 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Primeiro é necessário educar, depois pensar em punição

02 julho 2015 - 06h26

Diante das mais diversas opiniões e discussões referentes a reduzir ou não a maioridade penal de 18 para 16 anos, um dado importante, mais ainda do que penalizar ou não o menor infrator, acabou ficando de lado no trato dessas medidas: porque existe pouco interesse por parte dos nossos governantes em investir pesado na educação das crianças?

Muito se falou dos crimes e delitos cometidos ao longo dos meses que se travaram nesse debate, porém, apenas o fato de se colocar atrás das grades por mais tempo aquele que cometer atos considerados hediondos possa não parecer algo que resolva a situação nos próximos 50, 60 anos.

Pior ainda, o já falido sistema carcerário brasileiro afundará mais diante da falta de espaço e de investimento para os internos que ali ficarão e a tentativa de ressocialização continuará na estaca zero diante da organização do crime atualmente.

A aprovação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que trata o assunto na noite de quarta não deve significar vitória por parte dos favoráveis a medida, e sim como uma chance de se melhorar o que hoje não funciona.

É preciso pensar a longo prazo, visar um plano capaz de ocupar esses menores com atividades sadias e intelectuais, e uma das maneiras de se fazer isso é investindo em educação de qualidade.

Que sejam seguidos exemplos de países onde as crianças possuem atividades extracurriculares após as aulas, para que ocupem o tempo e fiquem cada vez menos reféns da criminalidade, ao invés de andar na contramão fechando-se salas de aula ou aumentando tempo de menores nas unidades educacionais.

A discussão é ampla e o debate deve receber essa atenção também, porque afinal, não é colocando cada vez mais pessoas nas cadeias que conseguiremos evoluir e diminuir a criminalidade no país.

O Brasil precisa de educação!

Quando isso começar a ser levado a sério, iniciaremos nossa caminhada rumo a evolução e diminuição da quantidade de crimes.


Deixe seu Comentário

Leia Também

INVESTIGAÇÃO
Polícia Federal reforça versão de que agressor de Bolsonaro atuou sozinho
CAPITAL
Carreta tomba com 27 toneladas de agrotóxico
POLÍTICA
Temer viaja a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU; Toffoli assume Presidência
PONTA PORÃ
PM recebe solicitação por desentendimento familiar e captura foragido
CAPITAL
Homem é encontrado morto com tiro na cabeça
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 42kg de maconha e skank após fuga de condutor
BRASIL
Multas por uso de celular ao volante crescem 33% em 2018
CAPITAL
Mulher é flagrada ao tentar entrar em presídio com carregador e 20 chips nas partes íntimas
BRASILEIRÃO/2018
Operário-PR vence o Cuiabá por 1 a 0 e levanta a taça da Série C
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem foi espancada até a morte no Pelicano
DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
DOURADOS
Jovem é encontrada morta no Jardim Pelicano
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação conjunta prende cinco Policiais Rodoviários Federais em MS