Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Primeira viagem do Trem do Pantanal acontece em outubro

18 março 2005 - 09h24

O Expresso do Pantanal dará sua primeira partida pelos trilhos da antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil (NOB) no mês de outubro, quando a ferrovia completa 100 anos. O retorno do saudoso "Trem do Pantanal", como era conhecido antes da desativação do transporte de passageiros, em 1996, será gradativo. O primeiro trajeto será de 80 quilômetros, entre Corumbá e Porto Esperança.Para o governador Zeca do PT, que anunciou a volta do trem, agora para roteiro turístico, as paisagens pantaneiras, as águas transparentes, o valor patrimonial das estações da antiga NOB e as regiões de morraria de Urucum (Corumbá) serão o grande atrativo a chamar a atenção dos turistas e passageiros que utilizarem o meio de transporte. "O Trem do Pantanal significa muito para o setor turístico de Mato Grosso do Sul, pois ele envolverá comunidades, pacotes turísticos diversificados e a comercialização organizada do potencial artístico-cultural. Imagine a sensação de poder refazer esse caminho e contemplar os prédios das antigas estações ferroviárias. O Expresso do Pantanal não é apenas um projeto saudosista, mas estratégico e um dos mais importantes projetos de infra-estrutura turística no âmbito do Pantanal.”A discussão a respeito da ferrovia no Estado data de 1851. Naquela época começou a ser evidenciada a necessidade de ter um meio mais rápido e seguro de transportes que ligasse a então província de Mato Grosso ao litoral do Brasil, para se evitar o obrigatório e longo caminho fluvial do Prata e do Paraguai, cujo percurso chegava em certas épocas do ano a demorar mais de 30 dias. “Considero importante prosseguir a luta pela manutenção dos trilhos não só em torno de Campo Grande como forma de turismo, mas também o retorno do trem de passageiros para Corumbá e Ponta Porã”, diz o governador.Zeca está convencido de que com a volta do trem de passageiros, objetivamente, ira realçar a importância da integração física e econômica da América do Sul com a utilização do transporte ferroviário como indutor de todas as atividades econômicas. Para ele a ferrovia Santos-Antofagasta passará a ser não apenas rota de escoamento da produção do Mercosul (Mercado Comum do Sul) com destino ao mercado asiático via portos do Chile, mas um corredor turístico dos mais concorridos.Segundo Zeca, a recuperação da ferrovia vai desencadear uma série de benefícios, sendo fundamental realçar sempre que a integração física com a revitalização das ferrovias conta com o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cuja política externa estabelece como prioridade a integração física e econômica da América do Sul. “Precisamos resgatar os 100 anos de história e assegurar outros 100 anos de ferrovias em plena atividade, promovendo encontros, integrando culturas, estimulando o processo social e patrocinando o desenvolvimento sem fronteiras.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Filha reconhece mulher de 34 anos que morreu ao bater em poste
UEMS
Abertas inscrições para o XI Seminário de Extensão Universitária
CRIME AMBIENTAL
Polícia apreende arma, munições, fardas camufladas e carne suspeita
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
Bolsonaro vai a Montevidéu para posse do novo presidente do Uruguai
SANEAMENTO
Obras da rede de esgoto de Batayporã estão em fase de conclusão
JUDICIÁRIO
STF vai julgar se punição a quem recusa bafômetro é constitucional
DIÁRIO OFICIAL
Relação de candidatos para docente de curso para policiais é divulgado
MEIO AMBIENTE
PMA divulga Cartilha do Pescador 2020 com as novas regras para pesca
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende Corguinho e Rochedo na próxima semana
SÃO CONRADO
Identificado homem morto a pauladas e polícia busca suspeito

Mais Lidas

MEIO AMBIENTE
Proprietário de rancho é autuado por pescar em rio durante a piracema
PARQUE DO LAGO
Ladrões usam carro para estourar porta de mercado e fogem com cofre; veja vídeo
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira
DOURADOS
Dupla dispara, mata jovem e deixa outro ferido no Jardim Independência