Menu
Busca domingo, 25 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018

Prévias do PT: definidos os números de Teruel, Vander e Kemp

02 dezembro 2003 - 17h16

Foi definida a numeração das chapas dos pré-candidatos do Partido dos Trabalhadores da capital. Os números foram definidos após reunião da Executiva. As três chapas e a numeração correspondente são:Chapa 61: Unidade e Ação, do pré-candidato Pedro Kemp;Chapa 62: Campo Grande tem Estrela, do pré-candidato Vander Loubet;Chapa 63: Chapa da Militância, do pré-candidato Pedro Teruel.De acordo com o secretário geral do Diretório Municipal de Campo Grande, Sílvio Tutia, os números foram escolhidos através de sorteio. A dezena seis foi utilizada para os números não serem iguais aos de partidos políticos (como o 13 do Partido dos Trabalhadores, por exemplo). Durante a prévia, marcada para o dia 14 de dezembro, os filiados com direito a voto digitarão o número na urna eletrônica para escolher seu candidato. Caso o eleitor digite outro número, que não seja dos pré-candidatos, o voto será anulado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUU!!
Débora Oliver faz cliques quentes para o Diamond Brazil
ASSEMBLEIA
Seminário sobre regularização fundiária urbana é o destaque da semana
LOTERIA
Apostas para a Dupla de Páscoa já podem ser feitas
PM E BOMBEIROS
ACS elege novo presidente em MS
ESTADO
Começa em abril inventário de plantas e solo do Cerrado de Mato Grosso do Sul
Veículos roubados que seriam levados para o Paraguai são recuperados
BRASIL
Conta-salário poderá ser transferida para instituições não financeiras
RECOMENDAÇÃO
Prefeito vai revogar doação de área a Arquidiocese de Campo Grande
MS/PR
Assaltantes se escondem em pântano e acabam presos
ESTADUAL
Federação adia fim da primeira fase após ajuste de tabela

Mais Lidas

NOVO HORIZONTE
Foragido da Justiça é preso após trocar tiros com policiais em Dourados
WILLIAM DENTE PODRE
Ladrão baleado após atirar contra a polícia morre em hospital
DOURADOS
Idoso morre ao ser atropelado na Monte Alegre
FÁTIMA DO SUL
População faz protesto e pedem Justiça no caso Débora