Menu
Busca Segunda, 20 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221
Tribunal de Contas de MS - Novembro 2017

Presos da máxima da Campo Grande já seguiram para o Paraná

11 Dezembro 2003 - 10h13

Três detentos considerados lideranças no protesto de greve de fome, realizado no EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima) foram transferidos na noite de ontem para o presídio de Piraquara (PR). São eles José Severino, conhecido como “Cabecinho”, Sebastião Nunes Siqueira e Geraldo Nei Braga, segundo informações do próprio estabelecimento, que atribuí a transferência à determinação judicial dos juízes federal Odilon de Oliveira e de Execução Penal, Francisco Gerardo. Na avaliação da presidente da AFAE (Associação dos Familiares e Amigos dos Encarcerados), Maricyr Souza Fernandes, a transferência é retaliação ao movimento de greve de fome, contra as condições do estabelecimento.Ontem o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho, negou que haja truculência no estabelecimento, que haja epidemia de tuberculose e de HIV.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROFISSIONAL
Detran publica edital para inclusão de adolescentes no mercado de trabalho
BRASIL
CCJ pode votar na quarta-feira legalização de jogos de azar
AMBULANTES
Inscrições para praça de alimentação no “Dourados Brilha” terminam hoje
DESTINO INTERNACIONAL
Conheça a cidade de Kalamata, na Grécia
MEIO AMBIENTE
Homem é flagrado com 250 canários e multado em R$ 125 mil
DOURADOS
VÍDEO: Sucuri de mais de 3m é resgatada sobre cerca no Arnulpho
ECONOMIA
Receita passa a exigir CPF de dependentes a partir de 8 anos no IR
TELEVISÃO
Globo tem 6 indicados no Emmy; premiação será hoje em Nova York
CENTRO
Ladrões invadem e furtam R$ 52 mil de loja em Dourados
CORUMBÁ
Colisão entre moto e ônibus mata um e deixa outro gravemente ferido

Mais Lidas

VIOLÊNCIA URBANA
Jovem é executado em emboscada no Estrela Porã
DOURADOS
Travesti é assassinada a golpes de faca em Dourados
DOURADOS
Homem morre após fugir de veículo em alta velocidade
POLÍCIA
Adolescente é baleado no Altos do Alvorada II