Menu
Busca segunda, 23 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Presos da máxima da Campo Grande já seguiram para o Paraná

11 dezembro 2003 - 10h13

Três detentos considerados lideranças no protesto de greve de fome, realizado no EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima) foram transferidos na noite de ontem para o presídio de Piraquara (PR). São eles José Severino, conhecido como “Cabecinho”, Sebastião Nunes Siqueira e Geraldo Nei Braga, segundo informações do próprio estabelecimento, que atribuí a transferência à determinação judicial dos juízes federal Odilon de Oliveira e de Execução Penal, Francisco Gerardo. Na avaliação da presidente da AFAE (Associação dos Familiares e Amigos dos Encarcerados), Maricyr Souza Fernandes, a transferência é retaliação ao movimento de greve de fome, contra as condições do estabelecimento.Ontem o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho, negou que haja truculência no estabelecimento, que haja epidemia de tuberculose e de HIV.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Luísa Sonza exibe boa forma em passeio de iate e ganha elogios
APOSENTADORIA
Reforma da Previdência pode ser votada em 1º turno nesta terça-feira
PONTA PORÃ
Veículo blindado roubado em São Paulo é recuperado na região de fronteira
FOGO
Helicópteros entram em operação no combate às queimadas no Pantanal
MARACAJU
Homem é preso por receptação e polícia recupera caminhão furtado
ECONOMIA
Termina hoje prazo para cliente da Caixa autorizar saques do FGTS
OPORTUNIDADES
Concursos: 17 órgãos abrem amanhã inscrições para mais de 1.500 vagas
OPERAÇÃO BOCAIÚVA
Ação apreende 11 filhotes de papagaios e aplica multa de R$ 60 mil
MEIO AMBIENTE
Semana da Árvore termina com plantio de mudas no Antenor Martins
FÓRMULA 1
Vettel supera Leclerc, vence em Singapura e quebra jejum de 22 corridas

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Criança morre em hospital e polícia investiga estupro de vulnerável
FLAGRANTE
Guarda Municipal flagra "festinha social" lotada de menores
DOURADOS
Campo-grandense é preso após roubar escritório de advocacia em Dourados
FRONTEIRA
Adolescente de 16 anos é morto na frente do pai com um tiro no peito