Menu
Busca domingo, 23 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Prêmio Nobel da Paz é contra pagamento da dívida

26 janeiro 2005 - 13h51

"O que o FMI (Fundo Monetário Internacional) e o Banco Mundial cometem é um genocídio contra a humanidade", acusou o prêmio Nobel da Paz argentino, Adolfo Pérez Esquivel, durante coletiva de imprensa sobre o cancelamento da dívida para os países afetados pela tsunami (onda gigante). "Trinta e cinco mil crianças morrem de fome por dia. Não basta sermos solidários com os países que sofreram a tsunami, temos que terminar com esse sistema de opressão", disse.

No documento divulgado na ocasião, pede-se que "os governos do Sul não continuem priorizando o pagamento dos juros da dívida externa", e em troca, utilizem esse valor para "serviços sociais básicos, saneamento básico e outros programas de desenvolvimento humanos".

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo facilitará exportações de produtos voltados à Defesa
BRASIL
Síndrome metabólica em adolescentes é tema de pesquisa da Capes
DOURADOS
Campanha sobre tuberculose e hanseníase será realizada em março
POLÍCIA
DOF flagra cinco com 400 quilos de contrabando em Dourados
BRASIL
Trabalho infantil aumenta 38% durante o carnaval; saiba como denunciar
STF
Liminar garante ao RS fixar contribuição previdenciária de militares sem sanções por parte da União
DOURADOS
Com ponto facultativo, sessão da Câmara foi antecipada
MS
Um dos pilares da ressocialização, a religião promove ambiente de fé em presídios
ESTADO
Judiciário de MS retomará expediente na quinta-feira
MUNDO
Cientistas descartam que novo vírus tenha origem em mercado em Wuhan

Mais Lidas

WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
JARDIM GUAICURUS
Jovem resgatada foge da UPA e tenta subir em torre mais uma vez
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação