Menu
Busca sábado, 21 de abril de 2018
(67) 9860-3221
DIZ NÃO TER SIDO NOTIFICADA

Prefeitura mantém seleção de professores mesmo diante de determinação judicial

Prefeitura mantém seleção de professores mesmo diante de determinação judicial

12 janeiro 2018 - 15h20Por Da redação

Conforme já havia citado nesta quinta-feira (11) ao Dourados News, a Prefeitura de Dourados reiterou nesta sexta-feira (12), em nota enviada pela assessoria de comunicação que não foi notificada oficialmente sobre decisões que modifiquem o processo seletivo de professores temporários em andamento.

O processo encontra-se em fase de recebimento dos documentos dos candidatos e de acordo com a assessoria, a secretaria de Educação seguirá com os trâmites normalmente. A data final para que os candidatos entreguem os documentos é a segunda-feira (15), das 08h às 12h.

Ainda conforme a assessoria, as vagas disponíveis nesta seleção são para suprir licenças legais de professores (cursos, maternidade, saúde, entre outras) e ocorre por orientação do Tribunal de Contas do Estado.

A suspensão 

A juíza substituta da 6ª Vara Cível da Comarca de Dourados, Dileta Terezinha Souza Thomaz, suspendeu o processo seletivo de contratação de professores na Rede Municipal de Ensino, em resposta à Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Estadual.

Segundo a determinação da magistrada, a administração precisa apresentar a quantidade de vagas puras existentes e a posterior nomeação de aprovados (as) no concurso público.

Conforme o parecer, a prefeitura "não apresentou os relatórios detalhados para fins de apuração efetiva do total de vagas puras no magistério municipal; identificou e exonerou 150 professores contratados irregularmente em vagas puras, apurou provisória e extraoficialmente 71 vagas puras e convocou apenas 53 aprovados em concurso", menciona decisão.

Com base no documento e como publicado no site do Simted, o documento diz ainda que o Governo Municipal "abriu processo seletivo para contratação de professores temporários sem comprovar o preenchimento de todas as vagas puras existentes na Rede Municipal de Ensino".

Ainda de acordo com o texto,  caso a prefeitura não apresente as informações e não atenda as solicitações determinadas pela justiça, poderá ser responsabilizada por descumprimento de ordem judicial e incidência em ato de improbidade administrativa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGENDA
Doenças raras e superação da violência são temas de audiências na ALMS
MS-164
Argentino é preso em MS tentando levar maconha até o Rio de Janeiro
BR-163
Dupla é presa tentando trazer veículos furtados até Dourados
BRASIL
Campanha de vacinação dos povos indígenas começa hoje
DOURADOS
Adolescente que comprava maconha no Paraguai para revender é apreendido
JARDIM GUANABARA
Homem é preso acusado de abusar de criança em Dourados
FAMOSOS
Thiago Fragoso se afasta de “O Outro Lado do Paraíso" por problemas de saúde
FUTEBOL
Quatro árbitros de MS são escalados para os Brasileiros das Séries C e D
DOURADOS
Demissões aumentam, mas acumulado do ano ainda é positivo
FERIADO
Comércio e shopping abrem normalmente neste sábado

Mais Lidas

SOLIDARIEDADE
Dourados inaugura a primeira geladeira solidária nesta sexta-feira
ABRIGO
Fazendeiro morto por pistoleiros já hospedou membro do Comando Vermelho
Morador da Rocinha foi preso com documento falso quando vigiava posto da PRF, na BR-463, uma das principais rotas do narcotráfico
POLÍCIA
Mulher é presa com crack do Paraguai na Rodoviária de Dourados
TRÊS LAGOAS
Homem procura delegacia após investir carro em bitcoin e não ter retorno prometido