Menu
Busca quarta, 18 de julho de 2018
(67) 9860-3221
DIZ NÃO TER SIDO NOTIFICADA

Prefeitura mantém seleção de professores mesmo diante de determinação judicial

Prefeitura mantém seleção de professores mesmo diante de determinação judicial

12 janeiro 2018 - 15h20Por Da redação

Conforme já havia citado nesta quinta-feira (11) ao Dourados News, a Prefeitura de Dourados reiterou nesta sexta-feira (12), em nota enviada pela assessoria de comunicação que não foi notificada oficialmente sobre decisões que modifiquem o processo seletivo de professores temporários em andamento.

O processo encontra-se em fase de recebimento dos documentos dos candidatos e de acordo com a assessoria, a secretaria de Educação seguirá com os trâmites normalmente. A data final para que os candidatos entreguem os documentos é a segunda-feira (15), das 08h às 12h.

Ainda conforme a assessoria, as vagas disponíveis nesta seleção são para suprir licenças legais de professores (cursos, maternidade, saúde, entre outras) e ocorre por orientação do Tribunal de Contas do Estado.

A suspensão 

A juíza substituta da 6ª Vara Cível da Comarca de Dourados, Dileta Terezinha Souza Thomaz, suspendeu o processo seletivo de contratação de professores na Rede Municipal de Ensino, em resposta à Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Estadual.

Segundo a determinação da magistrada, a administração precisa apresentar a quantidade de vagas puras existentes e a posterior nomeação de aprovados (as) no concurso público.

Conforme o parecer, a prefeitura "não apresentou os relatórios detalhados para fins de apuração efetiva do total de vagas puras no magistério municipal; identificou e exonerou 150 professores contratados irregularmente em vagas puras, apurou provisória e extraoficialmente 71 vagas puras e convocou apenas 53 aprovados em concurso", menciona decisão.

Com base no documento e como publicado no site do Simted, o documento diz ainda que o Governo Municipal "abriu processo seletivo para contratação de professores temporários sem comprovar o preenchimento de todas as vagas puras existentes na Rede Municipal de Ensino".

Ainda de acordo com o texto,  caso a prefeitura não apresente as informações e não atenda as solicitações determinadas pela justiça, poderá ser responsabilizada por descumprimento de ordem judicial e incidência em ato de improbidade administrativa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DUPLO HOMICÍDIO
Morto em favelinha é de Alagoas e foi identificado pela digital
NO DIA DA MASSA
Macarrão integral com legumes
ESTADO DE ATENÇÃO
Umidade do ar chega a 21% em mais um dia seco em Dourados
ESPORTE AMADOR
Copa Cachoeirinha de futebol de campo começa em agosto
ARQUITETURA VERDE
Casa tem teto verde e paredes vazadas
MARACAJU
Carga com 45 mil pacotes de cigarros contrabandeados é apreendida
COTAÇÕES
Dólar fecha em queda, de olho no rumo da taxa de juros dos EUA
SAÚDE
Pacientes do SUS vão receber notificações de consulta pelo celular
MAGISTRATURA
Juiz de Dourados é promovido a desembargador do TJMS
ALERTA
Gripe mata mais duas pessoas em uma semana no MS
Óbitos foram nas cidades de Campo Grande e Naviraí

Mais Lidas

DUPLO HOMICÍDIO
Duas pessoas são assassinadas em Dourados
DOURADOS
Dupla em Corsa branco teria executado homens em Sitioca
DUPLO HOMICÍDIO
Polícia identifica uma das vítimas de assassinato em Dourados
DOURADOS
Acusado de matar mecânico confessa assassinato de homem no Flórida