Menu
Busca sábado, 21 de julho de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Prefeitura aguarda notificação para se posicionar sobre Refis

Prefeitura diz não ter sido notificada pelo MPE por Lei do Refis

03 outubro 2017 - 14h35Por Da redação

No início da tarde desta terça-feira (03), a prefeitura de Dourados divulgou nota com a afirmação de que não foi notificada pelo Ministério Público Estadual sobre possíveis irregularidades na lei do Refis.

O órgão destacou ainda que “só irá se manifestar após a notificação e subsequente análise do eventual procedimento”.

Conforme mostrado pelo Dourados Newso MPE (Ministério Público Estadual) ajuizou ação nesta segunda-feira (02), contra a prefeitura de Dourados e a Câmara de Vereadores por possíveis irregularidades na lei aprovada na Casa em 13 de setembro de 2017.

O promotor Ricardo Rotunno, titular da 16ª Promotoria de Justiça, aponta que foram constatadas irregularidades na tramitação do projeto de lei proposto pelo Executivo, além da inconstitucionalidade de alguns artigos.

A medida determina ainda que seja suspensa qualquer negociação com contribuintes incluídos na dívida ativa até o julgamento, “sob pena de pagamento de multa em caso de descumprimento, no patamar de 10 salários mínimos  vigentes por negociação realizada, que deverá ser revertida ao fundo de defesa e reparação de interesses difusos lesados”.

O MPE pontua além disso, irregularidades formais, relacionada a tramitação exigida pelo Regimento Interno da Câmara Municipal de Dourados, a lei padece de vícios materiais “que importam em violação aos ditames legais, notadamente da Lei de Responsabilidade Fiscal e Constituição Federal, motivo pelo qual deve ser declarada nula de pleno direito”.


Abaixo, veja a nota de reposta da prefeitura na íntegra:


A respeito da notícia, segundo a qual, o Ministério Público Estadual teria aberto procedimento contra a prefeitura de Dourados e a Câmara de Vereadores por supostas irregularidades na lei do Refis 2017, a administração municipal informa que até o final da manhã desta terça-feira não foi notificada.
O executivo só irá se manifestar após a notificação e subsequente análise do eventual procedimento.

Refis

A lei, segundo a prefeitura, possibilita quitação de débitos com a fazenda pública para os fatos ocorridos até 31 de agosto de 2017. 

Os incentivos compreendem o perdão de juros e multa de mora e dos juros e multa de mora e dos juros de financiamento incidentes sobre o saldo remanescente de parcelamento com parcelas vencidas não pagas no prazo acordado até a publicação desta lei e anistia de multa por infração à legislação tributária e não tributárias.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem é preso no Água Boa com arma de uso restrito
PRESIDENCIAVEIS
PSOL vai confirmar Guilherme Boulos como candidato à Presidência
DOURADOS
Índios invadem fazenda, torturam e fazem caseiro refém por 6h
CAMPO GRANDE
Morador de rua tem rosto cortado e fica com traumatismo craniano após ser espancado
ELEIÇÕES EM MS
PDT confirma Odilon de Oliveira ao governo neste sábado
ORGULHO E PAIXÃO
Lídia choca ao abandonar o noivo no altar e contar para toda a igreja que está grávida de Uirapuru
CAMPO DOURADO
Jovem nega tráfico e diz que pedido de carona o levou até casa com droga
ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS
PSTU confirma candidatura de Vera Lúcia e não fará coligação
SELETIVA PARA COPA SP
ABC e Sete duelam valendo a liderança do Sub-19
CAGED
Dourados fecha 144 postos de trabalho do 1º semestre

Mais Lidas

ALBINO COM A JOAQUIM
Músico morre quatro dias após acidente no Centro de Dourados
LAMA ASFÁLTICA
Puccinelli, filho e advogado são presos na Capital
DOURADOS
Vereador é assaltado por dupla armada ao chegar em casa
CAARAPÓ
Ação conjunta prende trio suspeito de roubo a joalheria