Menu
Busca sexta, 19 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

Prefeitos vão decidir se aceitam proposta de Transporte Escolar

09 dezembro 2003 - 17h01

Os prefeitos de Mato Grosso do Sul vão decidir na quarta-feira da próxima semana, dia 17 de dezembro, durante assembléia-geral convocada pela Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), se aceitam a proposta do governo para o transporte de alunos da rede estadual de ensino no ano letivo de 2004. Durante reunião ocorrida na manhã desta terça-feira na Casa Civil, o governo ofereceu cerca de R$ 12 milhões para a manutenção do transporte escolar no ano que vem, o que daria uma per capita (custo por aluno) de R$ 50, contra os R$ 17 milhões reivindicados pelos prefeitos, equivalente a R$ 80.  Além dos valores oferecidos, o governo se comprometeu em assumir a manutenção do setor em 22 escolas que tem linhas exclusivas de alunos da rede estadual. Após a terceira reunião consecutiva envolvendo as duas partes, o presidente da Assomasul, Dirceu Lanzarini (PL), resolveu convocar uma assembléia-geral para que os prefeitos decidam sobre se aceitam ou não os valores. Particularmente, Lanzarini acha que a proposta do Estado, apesar de ter avançado, está muito aquém da apresentada pelos municípios, mas entende que a decisão da assembléia é soberana. “Os prefeitos é que vão dizer se aceitam ou não”, disse, referindo-se ao encontro previsto para começar às 10h da próxima quarta-feira (17). Atualmente o valor repassado pelo Estado para os municípios custearem o transporte de alunos da rede estadual de ensino é de R$ 37 (R$ 30 em espécie e R$ 7 como cota de combustível). Na semana passada, durante rodada de negociação com os técnicos da Secretaria de Educação e da área econômica do governo, o Estado chegou a propor R$ 11 milhões por ano. Se não houver acordo, a Assomasul pretende deixar que o governo cumpra a Lei 10.709 (de 31 de julho de 2003), sancionada recentemente pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que obriga estados e municípios a transportar seus próprios alunos.  Os administradores alegam que, além de ter de transportar diariamente 31.892 alunos da rede municipal, as prefeituras atendem 27.254 estudantes matriculados das escolas estaduais, mas os recursos repassados atualmente não cobrem todas as despesas do setor.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Nova turma de aprovados em concurso para curso de formação da Agepen é convocada
CLIMA
Fim de semana deve ser sem chuvas em Dourados
ELEIÇÕES 2018
Campanha de Odilon confirma buscas em casa de pessoa envolvida em comunicação
CALENDÁRIO
Aced divulga os vencedores do 21º Concurso de Fotografia
DOURADOS
Ações do outubro rosa são realizadas em horários diferenciados
BRASIL
Dólar fecha em queda com cenário político no radar
ELEIÇÕES 2018
Endereço de pessoa ligada à campanha de Odilon é alvo de buscas da PF por "fake news"
BRASIL
TSE adia para domingo anúncio de medidas contra notícias falsas
ELEIÇÕES 2018
Número de candidatos e ordem de votação no 2º turno serão distintos em diferentes localidades
AMAMBAI
Dupla é presa com mais de 600kg de maconha em veículo

Mais Lidas

MARACAJU
Empresário douradense e filho morrem em acidente na BR-267
DOURADOS
Afogamento de africano ocorreu após apostar garrafa de cachaça com colega
DOURADOS
Corpo de homem que morreu afogado em lago é encontrado
DOURADOS
Mulher é condenada a 12 anos de prisão pela morte do ex-marido