Menu
Busca Sábado, 18 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221

Prefeito diz que a ordem é expulsar quem invadir áreas na Capital

13 Dezembro 2003 - 14h25

O prefeito André Puccinelli (PMDB) disse esta manhã que a ordem para o presidente da Emha (Empresa Municipal de Habitação), Carlos Marun, é expulsar qualquer um que tentar invadir terras públicas."Aqui não é terra de bandoleiros nem de esculhambação, tem que ter lei e ordem", disparou o prefeito, referindo-se à invasão ocorrida no dia 11, na região do macroanel rodoviário (entre as saídas para São Paulo e Sidrolândia), que culminou na expulsão de 25 famílias de sem-terra.André também teceu duras críticas ao MST (Movimento Sem Terra), que segundo ele não tem nenhum poder por não ser partido e nem entidade. "Se eu fosse presidente da República, o MST estaria na clandestinidade", protestou.Quanto à promessa dos sem-terra de invadir a prefeitura, André foi enfático: "Quero que venham invadir a prefeitura, podem vir quente que estou fervendo".

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLÊNCIA
Idoso é encontrado morto na sala de casa com perfurações de faca
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão aprova redução de IPI a consumidor que entregar carro antigo para desmanche
SÉRIE B DO ESTADUAL
Operário de Dourados e Misto se enfrentam em jogo que pode definir acesso a Série A
DOURADOS
Ladrão invade e furta posto na avenida Guaicurus
CORUMBÁ
Dono de restaurante é flagrado com pescado ilegal e multado em R$ 76 mil
BR-262
Motorista é preso trafegando sob efeito de drogas
BRASIL
Anvisa autoriza registro de genérico contra câncer de próstata
TRAGÉDIA
Homem é assassinado durante discussão com a ex
DOURADOS
Em 40 minutos, chuva quase ultrapassa acumulado em 17 dias
REFORMA
Estudo aponta tendência de precarização do trabalho no Brasil

Mais Lidas

DESAPARECIDO
Estudante desaparece e deixa família desesperada em Dourados
DOURADOS
Estudante é encontrado pela família após horas desaparecido
DÉFICIT DE R$ 21 MILHÕES
Prefeitura declara “emergência financeira” na Funsaud
TRÁFICO
Traficante zomba da polícia em grupos de WhatsApp e acaba preso