Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Populares criticam comissões por pedido de arquivamento dos processos contra Denize Portollan e Idenor Machado

11 março 2019 - 18h35Por Gizele Almeida

A decisão de duas comissões permanentes da Câmara Municipal de Dourados com parecer negativo quanto aos pedidos de cassação dos vereadores envolvidos em suposto esquema de corrupção tem causado críticas pela população.

O Dourados News ouviu alguns populares na tarde desta segunda-feira (11) e constatou insatisfação em várias opiniões. 

Gustavo Vargas de Souza, 21, repositor, compara a situação com a de cidadãos que não estão na política. “Se um cidadão quando possui ficha criminal, já não é aceito no emprego, enfrenta dificuldades, até se estabilizar novamente, por qual motivo para um político tem que se passar por cima das leis?”, questiona. 

Na visão dele, para obter novamente os direitos políticos, os vereadores afastados que estão presos deveriam contar com um período “em prova” para depois serem julgados aptos ou não. 

“Não acho que tem tirar o direito de vez também, mas acho que os vereadores poderiam traçar uma forma deles ficarem afastados e aí então, se não cometerem mais crimes poderem ser votados novamente”, disse. 

Para Wanaderlei Bizó Drumond, 51, vigilante, opina que os vereadores afastados e presos deveriam pagar pelos crimes, se comprovadas as ações e diz que não deveriam ser “protegidos” pelos colegas da Casa. 

“Fazendo isso eles estão indo contra a Lei da Ficha Limpa. Dourados precisa de uma política mais limpa”, apontou.
O estudante Wellinton Henrique, 28, acredita que o que “vem do alto” tem causado impacto negativo em toda a política. Ele recorda fatos que tem colocado em dúvida a ética do Governo Federal como pessoas atuando supostamente como “laranjas” e gastos acima da média com cartão corporativo. 

“Se os que estão na presidência tem dado exemplo negativo, parece que tudo vai caindo na normalidade, e não é de agora. Quem leva a pior é só a população que não tem emprego e do nosso bolso saem os roubos e regalias”, diz.

O papel do vereador em fiscalizar para a estudante Viviane de Souza, 28, deixa de ser cumprido quando os colegas optam por “proteger” os colegas vereadores afastados,  ainda em posse das provas do MPE (Ministério Público Estadual) que embasaram as prisões. 

“Se ele está no cargo, tem que fazer o papel dele de forma ética, avaliar corretamente e com base na lei, a situação do que está sendo julgado, independente se é colega ou não e, isso não está ocorrendo”.
Quanto ao apontamento do vereador Junior Rodrigues (PR) sobre provas insuficientes, a estudante opina “não concordo, vejo que o que acontece é omissão”. 

Documentos 

Junior Rodrigues (PR), que preside o grupo de análise pela perda dos direitos políticos de Idenor Machado (PSDB) e Romualdo Ramin (PDT), na apuração de Denize Portollann (PR), entregaram nesta segunda-feira os seus respectivos pareceres aos vereadores da Casa.

Os documentos podem ser votados já na sessão desta terça-feira (12/3). 

Além de Idenor e Denize, existem outras duas comissões analisando os pedidos contra Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB). Elas são presididas por Carlito do Gás (Patriota) e Bebeto (PR), respectivamente. 
O prazo para entrega desses pareceres também venceria hoje, porém, ambos conseguiram mais alguns dias para o término das análises. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BALANÇO
PM apreende cerca de sete milhões de maços de cigarros e 150 toneladas de drogas em 2019
ROCHEDO
Estudante é multado por pesca ilegal em rio e tem petrecho apreendido
ELEIÇÕES 2018
Botafogo apresenta Valentim oficialmente como treinador
PEDRO JUAN
Motorista de aplicativo é morto com 15 tiros na fronteira
MÚSICA
Com músicas disponíveis em plataformas, compositora de MS lança disco na próxima semana
CORUMBÁ
Corpos de trabalhadores mortos em fazenda são levados para Guia Lopes
BRASIL
Bolsonaro discute pedido de prestação de contas ao PSL
FUTEBOL
Três jogos abrem a 29ª rodada da Série B do Brasileirão
NOVA DATA
Escolagov prorroga inscrições do Processo Seletivo para professores
ACIDENTE
Família pede doação de sangue a homem internado há quase dois meses no HV

Mais Lidas

CLIMA
Previsão aponta dias chuvosos e queda de temperatura em Dourados
DOURADOS
Acionados para atender queda de moto, Bombeiros só encontram vítima no local
DOURADOS
Clima fica tenso com índios presos em confrontos às margens da Perimetral Norte
MS
Idosa é atingida por jaca durante procissão e precisa ser socorrida