Menu
Busca domingo, 17 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
REPÚDIO

UEMS volta a se posicionar contra intolerância após vandalismo em campus

24 outubro 2018 - 18h20Por Da Redação

Na semana passada, uma intervenção artística foi alvo de vândalos no campus da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), em Dourados. Na ocasião, campanha idealizada pelo Coletivo Feminino da UFGD e UEMS acabou danificada por manifestantes contrários às ideias apresentadas nas peças. 

A campanha falava de assédio, Outubro Rosa e combate à violência, porém, em menos de 24h o painel de “lambe-lambe” já havia sido todo marcado com ditos “17”, “Bolsonaro”, ilustrações obscenas e até uma suástica, símbolo utilizado para referenciar adeptos ao nazismo de Adolf Hitler.

Na época, a Uems afirmou “posicionamento contra quaisquer manifestações de desrespeito, violência e intolerância em suas dependências, tanto na cidade de Dourados, onde está localizada a sede, quanto em suas outras 14 Unidades Universitárias”. 

Nesta quarta-feira (24/10), a entidade voltou a se posicionar, principalmente com a proximidade do segundo turno das eleições em Mato Grosso do Sul e no Brasil. 

Veja a nota:

Com a proximidade do segundo turno das Eleições de 2018, temos vivenciado o crescimento da intolerância e a diminuição do respeito ao outro, manifestados em casos de violência (física, verbal ou psicológica). 

Diante deste cenário, nós, da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), reafirmamos a nossa posição contra a intolerância e a favor da liberdade, da paz, da fraternidade, da ética e, principalmente, da democracia.

Repudiamos quaisquer atos de violência e quaisquer manifestações de racismo, xenofobia, misoginia, LGBTfobia e sexismo em nossas dependências, tanto na cidade de Dourados, onde está localizada a sede da nossa Universidade, quanto nas outras 14 Unidades, ou ainda contra qualquer membro da nossa comunidade acadêmica.

A UEMS, assim como outras universidades públicas brasileiras, é constituída como espaço de construção do conhecimento, de produção do pensamento crítico e do compartilhamento de ideias. Por isso, reafirmamos nosso respeito à diversidade, em todos os seus aspectos, gênero, orientação sexual, identidade étnica, identidade cultural, religião ou política.

Reiteramos ainda que atuaremos, de todas as formas possíveis, para garantir a proteção e para defender os direitos dos membros da nossa comunidade acadêmica.

 
Fábio Edir dos Santos Costa

Reitor

 
Laércio Alves de Carvalho

Vice-reitor

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTADO
Grupo da UEMS apresenta dois espetáculos de dança nesta semana
BRASIL
Marinha disponibiliza navio para reforçar equipes no Delta do Parnaíba
MS
Criminalidade no Estado teve queda em 2019, diz governo
DOURADOS
Refinaria que deve gerar 300 empregos será inaugurada dia 25
Paranaíba
Inscrições para processo seletivo de estagiários seguem abertas em fórum
DOURADOS
Mostra Cultural Saberes Indígenas começa nesta semana
BRASIL
Mais de 70 mil candidatos fazem hoje vestibular da Unicamp
HU-UFGD
Mesa redonda e encontro de mães marcam o Dia da Prematuridade
TECNOLOGIA
Alto-falantes inteligentes chegam ao Brasil com novas funções e riscos
ESPORTES
JEJ Blumenau: Judô MS dá início às disputas com sete atletas

Mais Lidas

POLÍCIA
Vereador é agredido e roubado quando ia para igreja em Dourados
DOURADOS
Idoso é fechado por criminosos na Marcelino, é derrubado e tem moto ‘zero km’ roubada
PORTO MURTINHO
Velório é interrompido e corpo de menina afogada recolhido para perícia
DOURADOS
Motociclista fica gravemente ferido após colisão no Parque Alvorada